Brasil termina Jogos Mundiais Militares grandioso

Atletas brasileiros deram show na disputa e País ficou no 2º lugar no quadro geral, perdendo apenas para a Rússia 

Equipe feminina de vôlei, que venceu a China por 3 a 0 e conquistou o ouro | Foto: Fernando Barra / MD

Equipe feminina de vôlei, que venceu a China por 3 a 0 e conquistou o ouro | Foto: Fernando Barra / MD

Após dez dias de disputas em quadras, piscinas e pistas de ciclismo, entre outros, o Brasil encerrou sua participação na 6ª edição dos Jogos Mundiais Militares em segundo lugar no quadro geral.

Foram, ao todo, 84 medalhas — 34 de ouro, 26 de prata e 24 de bronze. O País perdeu apenas para a Rússia, que levou 135 medalhas. Apesar de suas 98 medalhas, a China terminou em terceiro lugar no quadro geral porque obteve 32 de ouro — duas a menos que o Brasil.

Para o chefe da delegação brasileira e diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, brigadeiro Carlos Augusto Amaral, o resultado faz com que o Brasil se consolide como potência nesse tipo de evento.

“A competição aqui envolvia uma série de dificuldades para a obtenção de bons resultados, como a distância do Brasil, a adaptação ao fuso horário, os locais de competição distantes das vilas de hospedagem dos atletas, e eles assim mesmo apareceram, demonstrando o elevado grau de treinamento e motivação”, explicou

Para Amaral, o desempenho dos atletas militares brasileiros superou as expectativas, uma vez que o objetivo fixado pelo Ministério da Defesa era estar entre os cinco primeiros colocados no quadro geral de medalhas.

Ainda de acordo com o brigadeiro, a pasta tem como meta inserir pelo menos 100 atletas militares na delegação brasileira que vai participar dos Jogos Olímpicos Rio 2016, visando à obtenção de pelo menos dez medalhas. Também é preciso, segundo ele, fortalecer a parceria com o Ministério do Esporte, com vistas à disponibilização de recursos para apoio ao programa de treinamento de equipes.

“É inegável a contribuição para o esporte em geral do Brasil, em especial o ciclo olímpico Rio 2016, como ilustram os resultados obtidos nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, onde integramos a delegação brasileira com 123 atletas e obtivemos 48% das medalhas conquistadas pelo Brasil na competição”, concluiu. (As informações são da Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.