Boris Johnson faz visita surpresa a Kiev após Rússia aumentar ofensiva

Primeiro ministro do Reino Unido afirmou que o encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, foi uma demonstração de apoio

Boris Johnson fez uma visita surpresa a Kiev, capital da Ucrânia, neste sábado, 9, horário de Brasília. Ele se encontrou com o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy. A informação foi confirmada pela própria presidência ucraniana, que optou por não divulgar detalhes sobre a reunião.

O premiê britânico postou uma imagem no Twitter com o líder ucraniano e um texto afirmando que “estamos estabelecendo um novo pacote de ajuda financeira e militar que é uma prova de nosso compromisso com a luta do país contra a campanha bárbara da Rússia”. Ele emendou que a visita surpresa tem como intuito “dar uma demonstração do apoio inabalável ao povo da Ucrânia”.

Essa visita de Johnson aconteceu após um dia de ostensiva russa, que lançou mísseis em uma estação de trem de Kramatorsk, em Donetsk. Pelo menos 50 pessoas morreram e mais de 80 ficaram feridas, de acordo com autoridades ucranianas.

O líder britânico e o primeiro chefe de Estado de potências do Grupo dos Sete (G7) a pisar no terrível da Ucrânia desde o início da guerra promovida pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro. A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o alto representante do bloco europeu para a Política Externa, Josep Borrell, também se reunirem com Zelensky, nessa sexta-feira, 8.

Reino Unido, União Europeia e Estados Unidos seguem liderando a aplicações de duras sanções contra Moscou, isso na tentativa de frear a guerra no país europeu. Outra iniciativa está sendo o envio de armamentos para que os ucranianos se defendam dos ataques russos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.