Delegado Waldir diz que Bolsonaro recuou de corte no orçamento do MEC

Às vésperas de manifestação nacional contra medida do Governo, presidente teria voltado atrás, mas Casa Civil e MEC desmentem

Em ordem passada por telefone ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, na tarde desta terça-feira, 14, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) recuou dos cortes orçamentários do MEC. A informação foi dada por aliados ao Portal UOL.

Ao portal UOL, o deputado federal e presidente do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir, disse que a ligação foi feita na frente de outros parlamentares.

Ainda segundo Waldir, o titular teria tentado argumentar com o presidente, que não cedeu. 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.