BBB15 estreia com pior audiência da história do reality show

Pior audiência havia sido do BBB14. Programas e aplicativos que bloqueiam conteúdos relacionados ao BBB vêm como opção para aqueles que não gostam do reality

Apresentador do programa, Pedro Bial / Foto: Gshow/divulgação

Apresentador do programa, Pedro Bial / Foto: Gshow/divulgação

A estreia da 15ª edição do Big Brother Brasil (BBB), na última terça-feira (20/1), não foi nem um pouco animadora para a produção. O reality show teve a pior audiência registrada na história do programa. Conforme dados divulgado pelo Uol, a média no Ibope foi de 24 pontos.

No ano passado, a estreia do BBB teve uma audiência de 30 pontos. A 13ª edição, em 2013, foi quase tão baixa quanto esta, com 25 pontos no Ibope no primeiro dia do reality. De todas as edições, a primeira, exibida em 2002, foi a que obteve a maior audiência no primeiro episódio, com 49 pontos

Entraram na “casa mais vigiada”, na última terça-feira, 13 participantes. Duas mulheres irão entrar nesta quarta-feira (21) para disputar a 14ª e última vaga no programa.

Assim como foi divulgado pela produção do programa, a fim de se diferenciar das outras edições, desta vez foram selecionados participantes mais “comuns”. Entre outras mudanças, está a relacionada ao líder da casa — antes imune, agora também pode ser colocado no “paredão”. Mas em contrapartida, ganha R$ 10 mil na semana que for líder e pode participar de todas as provas.

Aplicativos para bloquear o reality 

Para quem não gosta do programa, junto com a 15ª edição do BBB surgiram também aplicativos e programas que bloqueiam notícias e atualizações no computador ou smarthphone relacionadas ao reality.

Um desses programas chama-se “No BBB”, que deve ser instalado no navegador (Google Chrome ou Firefox), não deixando que notícias do tema BBB cheguem ao usuário. Existe também o “Chega de BBB”, que bloqueia conteúdos relacionados ao programa no Google Chrome.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.