Base caiadista traça planos para eleições municipais

Partidos aliados do governador se reuniram na manhã deste sábado, 1º, para apresentar nomes e debater estratégias para afunilar candidaturas

Caiado comandou reunião da base para traçar estratégias em eleições municipais | Foto: Ludmilla Morais/Jornal Opção

Em encontro às 9h deste sábado, 1º, no Palácio das Esmeraldas, o governador Ronaldo Caiado (DEM) presidiu uma reunião onde foram convocados os partidos que compõem a base. Estavam presentes os presidente e representantes do Avante, Cidadania, PSB, PSC, SD, DC, PDT, PRTB, PP, Podemos e Pros. Foi o primeiro encontro do chefe do executivo com as siglas de apoio em 2020 para debater as Eleições Municipais.

A intenção de Caiado era mapear quem são os candidatos da base nas 40 maiores cidades do Estado de Goiás. Goiânia e Região Metropolitana também foram discutidas. “[A reunião] Ocorreu para vermos o que tem de convergência, de divergência e o que pode convergir, ou o que pode, por meio de pesquisa, trazer uma definição. O intuito era tentar uma composição para ter candidatos da base sem divergências nos municípios”, contou o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Lissauer Vieira (PSB).

O acordo estabelecido foi que, caso um município tiver mais de um candidato da base, os presidente dos partidos devem dialogar para saber se há condições de compor. O candidato que irá representar a base também pode ser escolhido após a pesquisa eleitoral mostrar quem está melhor.

“Mas há cidades que não tem jeito. Partido A ou B não abre mão. Aí o governador tomará a definição dele, pois ele é quem sabe o que irá fazer em cada cidade. Na grande maioria a probabilidade é conseguir um consenso, um acordo”, explicou o parlamentar.

O presidente do DC goiano, Alexandre Magalhães, também esteve presente na Casa Verde e confirmou a estratégia. “A principal estratégia para se adotar em convenção se chama pesquisa eleitoral. Ela que vai dar um rumo para os candidatos da base. Em cima das pesquisas eleitorais vamos tentar ao máximo, entre nós, convergirmos em candidaturas únicas da base do governador Ronaldo Caiado”, disse.

De acordo com Magalhães, a reunião foi bastante amigável. “Saímos muito satisfeitos. O governador presidiu com bastante parcimônia, respeitando todos os partidos aliados. Ele foi bem estadista, respeitando a vontade de cada partido presente”, elogiou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.