Atlético Goianiense decide manter Marcelo Cabo no cargo

Em entrevista coletiva, vice-presidente do clube garantiu que dará apoio ao técnico e que ele segue no comando da equipe

O Atlético Goianiense garantiu, nesta quarta-feira (18/1), que não irá demitir o técnico Marcelo Cabo. O treinador foi dado como desaparecido na última segunda-feira (16), mas foi encontrado no mesmo dia em um motel da capital. Segundo o vice-presidente e diretor de futebol do time, Adson Batista, ele é muito querido e receberá ajuda do clube.

A diretoria do clube se reuniu nesta quarta-feira com Marcelo para que ele explicasse o que aconteceu. Adson informou que o treinador está arrependido e que foi bem transparente ao dar seu depoimento. Destacando a trajetória dele no clube, conquistando o título da Série B, Adson disse que ele é muito querido na equipe e é um excelente profissional.

Apesar de dizer que torce pela recuperação do treinador, Adson não deu mais detalhes sobre qual o problema de Marcelo. Segundo ele, uma coletiva com o técnico será marcada em breve para que ele preste os esclarecimentos que julgar necessários. “Ele precisa falar com todos vocês e ele teve um desgaste muito profundo, nacionalmente falando”, declarou.

Embora tenha dito que é importante considerar o Adson ressaltou, no entanto, que Marcelo está “na corda bamba”. “Ele sabe que cavou a sepultura e que essa sepultura está aberta, então ele vai ter que se recuperar”, disse o vice-presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.