Ataque a senadores brasileiros na Venezuela vira piada nas redes sociais

Principal alvo dos internautas foi o ex-presidenciável Aécio Neves

Foto: Reprodução

Senador mineiro durante breve passagem pela Venezuela | Foto: Reprodução

As supostas agressões a senadores brasileiros na Venezuela, na última quinta-feira (18/6), viraram alvo de piada na web. Pelas redes sociais, internautas ironizaram o ataque de manifestantes ao veículo que transportava uma comitiva formada por oito parlamentares, dentre eles o goiano Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-presidenciável Aécio Neves (PSDB).

A visita foi uma tentativa de pressionar o governo do presidente Nicolás Maduro a libertar presos políticos e marcar eleições parlamentares. Além de Caiado e Aécio, também integram a comitiva os senadores Cassio Cunha Lima (PSDB-PB), José Agripino (DEM-RN), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), José Medeiros (PPS-MT),  Aloysio Nunes (PSDB-SP) e Sérgio Petecão (PSD-AC).

Satirizado pelo segundo lugar na corrida presidencial do último ano, o principal alvo dos internautas foi o tucano Aécio Neves. Uma publicação do senador Aloysio Nunes em sua conta no Twitter também foi motivo para piada. “Cansados de esperar, senadores, saímos da van para esticar as pernas. Sem almoçar, tomamos refrigerantes para aguentar o calor insuportável”, escreveu o senador.

https://twitter.com/VDigo/status/611677726123139072

https://twitter.com/samirsalimjr/status/611612005963853824

Uma resposta para “Ataque a senadores brasileiros na Venezuela vira piada nas redes sociais”

  1. Antonio Alves disse:

    Não houve nada, é que os senadores brasileiros são celebridades na Venezuela. O povo só queria chegar perto, fazer um afago, nada mais. Os senadores não entenderam a intenção dos venezuelanos, além do mais, ninguém sabe falar espanhol. Kkk…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.