Após 22 dias, polícia prende suspeitos de decapitação em Goiânia

Cabeça foi encontrada no dia 13 de janeiro próximo a um shopping na Avenida Perimetral Norte

Na tarde desta terça-feira, 5, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), apresentou os quatro suspeitos
de matar Erivaldo Ferreira da Rocha, de 32 anos, no mês passado, em Goiânia. Os jovens tinham rixa com o irmão da vítima e queriam que o crime tivesse repercussão.

Erivaldo foi atraído até o local do crime por uma proposta de emprego, ele não tinha conhecimento das companhias do irmão. Os assassinos admitiram que usaram um serrote na decapitação da vítima. O corpo foi encontrado três dias depois próximo ao shopping Passeio das Águas.

“A Polícia Civil agiu rapidamente para encontrar os responsáveis por esse crime que chama a atenção pela crueldade”, disse o delegado-geral da corporação, Odair José Soares.

A cabeça da vítima foi encontrada em 13 de janeiro. De acordo com a polícia, o crime teve motivação ligada ao tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.