Aparecida de Goiânia pode ter aulas transmitidas pela TV aberta

Medida visa dar acesso a crianças que não possuem ou têm dificuldades de acessar as aulas virtuais pela internet

Foto: Secretaria de Educação de Aparecida de Goiânia/Divulgação

O município de Aparecida de Goiânia pode ter teleaulas transmitidas pela TV aberta a partir do próximo semestre. Para isso, a Secretaria Municipal de Educação começa a produzir, com auxílio de professores e pedagogos, as aulas em estúdios próprios. A medida visa dar acesso a crianças que não possuem ou têm dificuldades de acessar as aulas virtuais pela internet.

As teleaulas fazem parte dos protocolos estabelecidos pela pasta e que devem ser apresentados, na terça-feira, 28, ao Comitê de prevenção e enfrentamento ao Coronavírus em Aparecida. O retorno às aulas presenciais no município da Região Metropolitana está marcado para a primeira semana de setembro.

A princípio, as aulas presenciais teriam retorno marcado para o início de agosto, entretanto, o comitê, formado por representantes das secretarias de Educação e Saúde, além de professores, entendeu que seria melhor o retorno para setembro.

Protocolos

Além da sanitização das salas de aula e limpeza geral das unidades escolares, a principal medida pensada para o retorno às aulas em Aparecida é a retomada escalonada. Em todas as escolas, o retorno será feito a partir das séries mais avançadas até chegar às crianças de menor idade escolar.

Conforme explica o secretário municipal de Educação, Wanderlan Renovato, os últimos anos retornarão com as turmas espalhadas em várias salas para permitir o distanciamento necessário. A cada semana os anos anteriores vão voltando gradativamente até preencher novamente a escola.

Com o preenchimento das salas de aula, passa-se a segunda etapa. Nesse ponto, haverá revezamento, em que apenas metade dos alunos de cada sala vão às aulas, dia sim, dia não.

Por isso, salienta o secretário, as aulas não presenciais são essenciais para o novo modelo de educação. “Estamos nos preparando e equipando para essa nova realidade. E aqui reforço a capacidade e determinação dos nossos professores e se adaptar a essas demandas. Em 40 anos de profissão nunca vi algo parecido. Vão juntos aprender com esse novo desafio”, diz o secretário que também é professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.