Aos 66 anos, morre o jornalista Isanulfo Cordeiro

Chefe do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais lutava contra um câncer na bexiga

Foto: reprodução/ Facebook

Morreu na madrugada deste domingo (14/1), o jornalista Isanulfo Cordeiro, 66. Vítima de  complicações do tratamento de um câncer na bexiga, ele estava internado no Hospital do Coração, em Goiânia.

Natural de Campos Belos, no Nordeste Goiano, Cordeiro foi editor-chefe do jornal “O Popular” e chefe de comunicação do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), por vários anos. Atualmente, era o responsável pelo Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais do Estado.

Ele deixa a esposa, Maria Beatriz Costa, e três filhos.

O velório será realizado no Cemitério Parque Memorial, a partir das 10 horas deste domingo (14). O sepultamento está marcado para as 17 horas.

Deixe um comentário