Aos 63 anos, jornalista goiana Cristiana Lôbo morre em decorrência de um câncer

Ela fazia tratamento já há alguns anos contra um meiloma múltiplo que se agravou nos últimos dias por conta de uma pneumonia

A jornalista e colunista de política, Cristiana Lôbo, 63 anos, faleceu nesta quinta-feira, 11, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ela lutava contra um câncer havia alguns anos, mas sua saúde se agravou nos últimos dias após contrair uma pneumonia.

Natural de Goiânia, Cristiana tinha meiloma múltiplo, um tipo de câncer de células da medula óssea chamadas de plasmócitos que, nestas condições, se multiplicam de forma anormal e rápida comprometendo a produção de outras células no sangue.

Em 30 anos de carreira jornalística, Cristiana cobriu política em Goiás, até se mudar para Brasília. Foi contratada pelo “O Globo” e após 13 anos trabalhando no local se tornou colunista política no jornal “Estado de S. Paulo”.

Em 1997, passou a fazer televisão no GloboNews onde ficou até sua morte. Ela já estava afastada do canal havia alguns meses por questões de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.