Ao lado de Rodrigo Maia, Marconi recebe presidente do Paraguai em Goiás

Comitiva paraguaia foi recebida pelo presidente da Câmara e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em solenidade no Palácio das Esmeraldas na noite desta quarta-feira (20/12), o governador Marconi Perillo e o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, deram continuidade às discussões sobre intercâmbio comercial e de complementariedade econômica entre Goiás e o país-sul americano, e o governo paraguaio anunciou que vai reproduzir o modelo do programa Cheque Mais Moradia em sua política habitacional.

A recepção a Cartes e à comitiva paraguaia, promovida pelo governador e pela primeira-dama Valéria Perillo, teve a participação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do procurador-Geral de Justiça, Benedito Torres Neto.

“Consideramos muito importante o programa habitacional criado pelo Governo de Goiás e copiado pelo governo federal do Brasil. Estamos otimistas com a implantação desse programa no Paraguai, principalmente com a implantação do Cheque Moradia”, afirmou a ministra da Habitação do Paraguai, Soledad Méndez. Além das parcerias, o presidente e o governador falaram sobre os laços de amizade que se solidificaram nos últimos meses.

A missão comercial do Paraguai a Goiás é o quarto encontro deles, desde que Marconi foi ao Paraguai em setembro, em missão comercial pelo Cone Sul. O presidente do Paraguai pernoitou em Goiânia e nesta quinta-feira (21/12) segue para o encontro da Cúpula do Mercosul, em Brasília. Antes da recepção, o governador e o presidente sul-americano comandaram a Conferência Internacional Paraguai Goiás, promovida em conjunto com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves, na Casa da Indústria.

“Uma troca sem dúvida complementar, produtiva, nas mais diversas áreas, e que, além disso, ao ser buscada com determinação e trabalho, nos torna ainda mais irmãos, nesta fraternidade latino-americana de épica história”, afirmou o governador, ressaltando que o Paraguai tem hoje uma economia muito aberta, tributação baixa e burocracia pequena. “O Paraguai está aberto ao empreendedor, sobretudo aos do Brasil Central”, pontuou.

“Não se trata mais somente de compra e venda entre os dois países, mas de estabelecermos juntos formas de nos ajudarmos a tornar os nossos países mais competitivos”, afirmou, por sua vez, o presidente do Paraguai. Marconi agradeceu a ele pela visita, disposição, confiança e amizade. “Não há relação nenhuma mais forte do que o olho no olho. É a relação que dura e prevalece”, disse, classificando a relação entre ambos e entre os dois países.

Marconi estava acompanhado pela primeira-dama Valéria Perillo; secretários estaduais, representantes do Fórum Empresarial de Goiás, Ele também recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Maia parabenizou o governador pelo mérito de estreitar laços com o Paraguai, beneficiando, assim, o Brasil como um todo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.