Ao lado de Michelle, Caiado diz que acusações contra Bolsonaro são calúnias

Governador reforçou que presidente da República tem apoio popular e de lideranças políticas em Goiás. “Querem desestabilizar a estrutura democrática porque não ganharam as eleições”

Foto: Lívia Barbosa / Jornal Opção

Por Bia Mendes

O governador Ronaldo Caiado (DEM) saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na manhã desta quarta-feira, 30, durante evento da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) com a presença da primeira-dama Michelle Bolsonaro, em relação à matéria veiculada no Jornal Nacional na noite de ontem. “Querem desestabilizar a estrutura democrática porque não ganharam as eleições”, declarou durante discurso.

Caiado reforçou que trata-se de calúnia a acusação de possível ligação entre o presidente e os assassinos da vereadora Marielle Franco. O governador também criticou o veículo que publicou a matéria com informações que correm em segredo de justiça.

“As calúnias lançadas contra o presidente na data de ontem não têm nenhuma sustentação. A matéria sequer podia ser publicada. O presidente estava na Câmara dos Deputados, votando todos os dias durante a semana. Qual é o objetivo disso?”, questionou.

O governador ainda enfatizou que o presidente tem apoio popular e a matéria veiculada não irá prejudicá-lo. “Todos aqueles que estão pensando que podem desafiá-lo do poder estão enganados, porque ele [Bolsonaro] tem apoio da população e do Estado de Goiás, do governador e de todas as lideranças políticas no nosso estado.”

Ronaldo Caiado cobrou seriedade da imprensa: “Precisamos exigir cada vez mais responsabilidade dos meios de comunicação ao levantarem qualquer dúvida em relação ao comportamento de uma pessoa, principalmente, do presidente da República. Se o processo segue em segredo, como esse sigilo é quebrado no momento em que ele está no exterior?”

“Não podemos admitir essa prática de tentar desestabilizar um presidente que está no exterior buscando acordos internacionais para desenvolver cada vez mais o País e, de repente, é acusado de algo que não tem procedência e nem origem”, frisou Caiado.

O chefe do executivo ainda acrescentou: “Isso é montado para tentar cada vez mais achar que podem reverter um processo que a população toda já se posicionou a favor das mudanças substantivas que estão sendo feitas.”

Uma resposta para “Ao lado de Michelle, Caiado diz que acusações contra Bolsonaro são calúnias”

  1. Avatar Edvaldo araújo de souza disse:

    Falou tudo Sr. Governador é essa globo e o pt que esta querendo prejudicar o melhor presidente que o Brasil ja teve nas ultimas decadas. Parabens excelentissimo sr. Governador Ronaldo Caiado o melhor Governador que goias ja teve, parabens precisando da minha pessoa estou a disposicao sou 1° Sargento da reserva Pmgo, Deus abencoe o seu governo e sua equipe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.