Anac mudou medidas que determinavam fim da gratuidade nos despacho de bagagem

Medidas que mudarão os direitos e deveres de passageiros devem ser aprovadas pelo conselho na próxima semana

Na próxima semana, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) deve aprovar as novas medidas que vão mudar os direitos e deveres dos passageiros. O teor original das mudanças previa, entre outros pontos, o fim da gratuidade no despacho de bagagens em voos mas, segundo a Anac, o texto sofreu alterações depois de passar por debate em audiência pública.

Apesar de ressaltar as mudanças no texto, a agência afirmou, por meio de nota, que não pode divulgar o teor das alterações e, portanto, não informou se empresas aéreas poderão cobrar para o despacho de bagagem ou como seria tal cobrança.

Atualmente, cada passageiro pode levar uma mala de 23kg em viagens nacionais e até duas malas de 32 kg em voos para o exterior, além de uma bagagem de mão de no máximo 5 kg.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.