Alvo de operação da PF, Sérgio Reis vai parar no hospital

PF cumpriu na semana passada mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao cantor

O cantor Sérgio Reis foi internado nesta semana, em São Paulo após se tornar alvo de uma investigação da Polícia Federal por conta de um áudio vazado. O apresentador Geraldo Luís publicou a informação nas redes sociais durante visita ao artista. A motivação da internação não foi divulgada pela equipe do cantor.

A PF cumpriu na semana passada mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao cantor, com objetivo de apurar se Sérgio Reis cometeu crime de incitar a população a praticar “atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições”.

Na rede social, Geraldo Luís disse que Sérgio Reis está melhor. O apresentador também não comentou sobre a causa da internação na postagem.

Áudio vazado

Aos 81 anos, Sérgio Reis teve uma gravação vazada e viralizou nas redes sociais, quando convoca uma greve nacional de caminhoneiros para protestar contra os ministros Supremo Tribunal Federal (STF).

Em entrevista para a Folha de S. Paulo no dia 16 de agosto, Ângela esposa do cantor, afirmou que o marido estava deprimido e chegou a passar mal, com uma crise diabete após a polêmica.

Em agosto de 2018, Sérgio Reis chegou a ser internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde passou por uma cirurgia cardíaca após quadro de fibrilação atrial. Na mesma época, o cantor também tratou do índice de diabetes, que estava descontrolado.

*Com informações do UOl

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.