Aliados de Caiado atacam aliança entre DEM e PSDB em nível nacional

Acordo entre legendas não irá passar pelo Estado de Goiás

Foto: André Corrêa/Agência Senado

Prestes a oficializarem acordo em nível nacional em prol da candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin, DEM e PSDB deram início nesta semana às articulações visando os palanques regionais.

A discussão, entretanto, não passa pela corrida eleitoral do governo de Goiás, que tem o senador Ronaldo Caiado (DEM) e o governador José Eliton (PSDB) em lados opostos disputando a preferência do eleitorado.

A decisão do DEM em apoiar o candidato à presidência, inclusive, não caiu bem entre os aliados do democrata goiano. Nesta quarta-feira (25/7), o deputado estadual e pré-candidato a deputado federal José Nelto, do Podemos, afirmou em entrevista ao Jornal Opção que não aceitaria de forma alguma qualquer palanque para Alckmin no Estado.

“Não respondo pelo DEM ou pelo PSDB, mas acredito que em Goiás isso de palanque para presidente será neutro. Acredito que Caiado é homem para não aceitar palanque do PSDB”, esbravejou, para, logo em seguida, fazer a defesa do candidato a presidente do seu partido, o senador Álvaro Dias.

Para que isso ocorra, entretanto, Caiado também teria que enfrentar o fogo amigo do deputado federal e candidato à reeleição Delegado Waldir. Logo de cara, o parlamentar informou que se retiraria da chapa caso Caiado resolvesse apoiar qualquer presidenciável, inclusive Álvaro Dias do Podemos. O parlamentar é do PSL e apoia Jair Bolsonaro na disputa.

3
Deixe um comentário

2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Gorete

Apoiar Bolsonaro é um retrocesso!

Genilson Saraiva

Não acho um retrocesso e sim uma mudança no comportamento de certos políticos da velha guarda! Temos que mudar o rumo do nosso Pais!

GISLEI BARBOSA TEIXEIRA

Se não tem manchas Álvaro Dias seria uma boa de vice de Bolsonaro