Alexandre Baldy chama de “trabalho duro” viabilizar ônibus escolar para Goiás

Goiás foi o segundo estado brasileiro que recebeu mais veículos adquiridos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, em 2019 

Alexandre Baldy, pré-candidato ao Senado por Goiás e presidente do Progressista goiano, afirmou que ter conseguido recursos para a compra de ônibus escolares rurais, em 2021, para o Estado, “não é influência, é trabalho duro pelo povo”. O político que na época e atualmente não exerce mandato eletivo foi apontado como principal interlocutor entre prefeitos e o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, que é do mesmo partido. 

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, Baldy teria utilizado do poder político que possui para beneficiar o Estado com recebimento de verba do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). No ano passado, Goiás aparece como segundo lugar entre os estados que receberam mais ônibus. “Fico feliz em ter relacionamentos políticos para ajudar nosso Estado e, neste caso, crianças carentes”, diz o ex-ministro das Cidades. 

Na defesa, o pré-candidato justifica que a prioridade sempre foi as cidades que mais necessitavam dos veículos. De 64 cidades goianas que foram beneficiadas, 13 são governadas por prefeitos do partido de Baldy. “É isso que nós, políticos, fazemos. Usamos nosso trabalho para levarmos recursos para quem mais precisa, já que a verba nunca é suficiente para todos”, salientou. 

Dados oficiais do FNDE mostram que Goiás recebeu 749 veículos do programa nos últimos três anos. Apenas, no ano passado, foram 199 ônibus, sendo 174 para utilização na área rural. O estado que lidera a lista é a Bahia que recebeu 296, em 2021. Em todo o Brasil, foram viabilizados recursos para compra de 1.771 veículos rurais no ano passado, ou seja, Goiás ficou com quase 10% do total. Já em recursos, foram R$ 55,9 milhões de um total de R$ 479 milhões no País.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.