Administração do prefeito Paulo Garcia ganha prêmio internacional

Monitoramento de indicadores de desempenho das secretarias foi reconhecida por organização ligada ao Banco Interamericano de Desenvolvimento

Prefeito Paulo Garcia em entrevista ao Jornal Opção | Foto: Renan Accioly

Prefeito Paulo Garcia em entrevista ao Jornal Opção | Foto: Renan Accioly

Goiânia foi premiada, neste mês, na cidade de Guadalajara, no México, pelo trabalho de monitoramento e avaliação de metas do poder público por meio de indicadores criados pela gestão e do acompanhamento periódico desses resultados para saber se houve ou não alcance da meta estipulada.

A premiação foi concedida durante o IX Seminário Internacional da Rede de Gestão para Resultados em Governos Subnacionais da América Latina e Caribe, evento organizado anualmente pela Comunidade de Profissionais e Especialistas na América Latina e Caribe em Gestão para Resultados no Desenvolvimento (CoPLAC-GpRD), ligado ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O critério de monitoramento e avaliação faz parte do modelo de gestão por resultados adotado pela Prefeitura de Goiânia na administração de Paulo Garcia (PT) que busca melhorar os serviços prestados pelo município aos cidadãos. “A forma que eu e a minha equipe escolhemos para administrar a capital permite que a gente acompanhe de maneira real o desempenho do município, em perspectiva, analisando a evolução dos dados. É essa precisão técnica que garante a autocrítica para melhorar cada vez mais a qualidade do nosso trabalho”, afirma o prefeito.

O secretário Nelcivone Melo, um dos mentores do Plano de Ação Goiânia Sustentável, lembra que a ideia de se trazer um modelo novo de gestão para o município surgiu em 2011, quando a capital passou a integrar a Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (Ices), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Foi feito um diagnóstico da situação de Goiânia e um dos pontos fracos identificados foi o modelo de gestão que era usado. Nós, então, enviamos quatro servidores efetivos para participarem de uma formação oferecida pelo BID, depois envolvemos os assessores de planejamento das secretarias, que faziam a apresentação dos dados ao prefeito e, por fim, nós contratamos o Instituto Publix, que fez a capacitação de secretários e servidores e ajudou na criação de indicadores das pastas e na implantação da ferramenta de monitoramento”, diz Nelcivone.

A formação recebida pelos quatro servidores efetivos a que se referiu o secretário foi o curso Gestão para Resultados no Desenvolvimento em Governos Subnacionais, de abril a setembro de 2012 (carga horária de 240 horas). Uma das exigências era a confecção de um trabalho final compreendendo o conteúdo do curso. Os trabalhos foram avaliados por uma comissão e a equipe de Goiânia ficou em primeiro lugar no ranking de colocação dos trabalhos apresentados ao final do curso.

Um dos servidores, Flávio Yuaça, foi quem representou Goiânia na cerimônia de premiação por avaliação e monitoramento, em Guadalajara, no dia 8 de setembro. Também especialista em geoprocessamento, Flávio Yuaça atualmente é coordenador executivo da Unidade de Coordenação do Plano de Ação Goiânia Sustentável (UCPA), onde Nelcivone Melo é coordenador geral.

No seminário do CoPLAC-GpRD, Yuaça participou do painel Boas Práticas Subnacionais em Monitoramento e Avaliação, em que falou sobre a experiência bem-sucedida de Goiânia.

“Este novo prêmio significa reconhecimento do BID às boas práticas de Goiânia na gestão por resultados, um projeto que começou a ser implantado em 2014, sendo que a primeira etapa foi concluída neste ano, com instalação de um software que acompanha os resultados das secretarias escolhidas para o início desta mudança de conceito da gestão do município”, explica Flávio.

Goiânia venceu ainda o Prêmio Cidades Sustentáveis 2014, na categoria metrópole, dentro do Programa Cidades Sustentáveis, da Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis e Instituto Ethos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.