Abertura de empresas em Goiás cresce 21,7% em fevereiro

Juceg registrou 1.756 novas inscrições, contra 1.442 no ano passado

O número de empresas abertas em Goiás no mês de fevereiro de 2018 foi 21,7% maior do que o registrado no mesmo período de 2017. A Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) registrou 1.756 novas inscrições, contra 1.442 no ano passado. Se comparado ao mês anterior (janeiro), quando foram abertas 1.609 empresas, o avanço chega 8,4%.

O desempenho é o melhor dos últimos quatro anos para o mês (veja linha cronológica abaixo). A política de desburocratização implantada nos último ano é responsável pelos avanços. No ano passado, a Juceg baniu os entraves para os processos de abertura de novas empresas, alterações cadastrais e baixas de empresas, com o lançamento do Portal do Empreendedor Goiás – sistema que permite o registro mercantil on-line.

“Os desafios continuam, mas temos visto resultados positivos mês a mês. Em fevereiro não foi diferente e registramos crescimento significativo no registro de abertura de novas empresas. Isso é resposta de um trabalho implantado por nós”, afirma o presidente da Juceg, Rafael Lousa.

Dados

Goiânia registrou a maioria dos pedidos de abertura de empresas em fevereiro (228), seguida de Aparecida (41) e Anápolis (27). Na divisão por gênero, os homens representaram 63% dos negócios abertos contra 37% das mulheres.

Foram registradas em Goiás 740 empresas do tipo individual de responsabilidade Ltda (com apenas um titular); 595 do tipo sociedade empresária limitada (com dois sócios, no mínimo); 416 empresários individuais (aqueles que exercem a atividade econômica em nome próprio e integralizam o seu patrimônio à exploração do negócio) e 5 cooperativas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.