Os dados solicitados irão viabilizar a implementação de alternativas logísticas e financeiras para a correta destinação de resíduos

Fachada TCE-TO | Foto Divulgação


A Coordenadoria de Análise de Atos, Contratos e Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia (CAENG), setor do Controle Externo do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), informa que o prazo para envio das respostas do questionário eletrônico sobre Gestão de Resíduos Sólidos, foi prorrogado até o próximo dia 30 de setembro. Os dados solicitados irão viabilizar a implementação de alternativas logísticas e financeiras para a correta destinação de resíduos domiciliares e de saúde nos municípios tocantinenses.


Segundo o auditor de Controle Externo do TCE/TO e engenheiro ambiental, Ikaro Peres Cunha, responsável pelo levantamento, um dos objetivos do tribunal é identificar o custo médio praticado pelos municípios na coleta de resíduos, varrição, transporte e destinação final para um aterro sanitário. “Esse banco de dados servirá para as auditorias de regularidades, onde o tribunal vai poder apontar numa futura licitação se aquele custo médio está dentro ou acima da média”, explicou.