Retorno às aulas em Palmas contemplará atividades na escola e em casa

A busca ativa aos alunos em situação de infrequência e iminente abandono escolar será feita em parceria com o Conselho Tutela

Previsto para o dia 1º de fevereiro, o retorno às aulas na Rede Municipal de Ensino de Palmas adotará o formato híbrido para o desenvolvimento das atividades pedagógicas, limitando a quantidade de alunos na escola e mantendo as aulas que já são disponibilizadas pela plataforma “Palmas Home School”. Mesmo com o estabelecimento de protocolos de segurança, o retorno às aulas só acontecerá se o cenário epidemiológico de Palmas apresentar condições favoráveis na data. 

Em consonância com o parecer 15/2020 do Conselho Nacional de Educação e com o guia de implementação de protocolos de retorno das atividades presenciais nas escolas de educação básica do MEC, a Secretaria Municipal da Educação definiu os protocolos que irão nortear o gradativo retorno às aulas. Inicialmente, serão atendidos de modo presencial apenas 25% dos alunos de cada turma diariamente, progredindo para 50%, 75% e 100%, sempre considerando o cenário epidemiológico. A plataforma Palmas Home School disponibilizará o conteúdo não abordado em sala, até que seja possível que todos os alunos possam ter aulas presenciais em segurança. 

O principal foco do formato híbrido será alcançar todos os educandos. A recuperação dos objetivos essenciais da aprendizagem, tanto cognitivas quanto socioemocionais, seguirá as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular e do Documento Curricular do Tocantins. Haverá acompanhamento individual e coletivo da aprendizagem, bem como intervenção pedagógica pelos professores utilizando diversos canais de comunicação, com uso das tecnologias. A busca ativa aos alunos em situação de infrequência e iminente abandono escolar será feita em parceria com o Conselho Tutelar. 

A superintendente de Avaliação e Desempenho Educacional da Semed, Anice Moura, considera que o formato híbrido é o que melhor pode atender aos alunos da rede municipal. “Queremos manter a segurança dos alunos e servidores e propiciar a continuidade do aprendizado. Com a permanência da plataforma Palmas Home School, este sistema é o que melhor se apresenta enquanto durar o momento atípico da pandemia”, considera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.