Marcelo Miranda reorganiza a máquina

Governador dá posse aos novos auxiliares na busca de implantar um novo modelo de gestão

Marcelo Miranda empossa Lyvio Luciano, que vai comandar a pasta responsável pela articulação política do governo | Foto: Divulgação

Marcelo Miranda empossa Lyvio Luciano, que vai comandar a pasta responsável pela articulação política do governo | Foto: Divulgação

Dock Júnior

Uma nova diretriz política e administrativa no Estado do Tocantins a partir de agora. Com esse intuito, o governador Marcelo Miranda (PMDB) deu posse na quarta-feira, 27, a novos secretários de Estado. A medida tem o objetivo de reorganizar a máquina administrativa. Para o governador, os novos auxiliares têm a missão de promover as áreas estratégicas do governo.

Marcelo Miranda classificou que um novo tempo de extraordinárias mudanças se abre para o Tocantins, a partir das perspectivas positivas das ações planejadas nessa nova fase do seu governo. Ao pregar a união da equipe para enfrentar a complexidade dos desafios, Marcelo Miranda ressaltou a necessidade de ofertar serviços eficientes para permitir qualidade de vida aos cidadãos tocantinenses. “Precisamos estar juntos para conduzir um Estado do tamanho da complexidade do Tocantins e convoco a todos para discutir e construir alternativas para os desafios que iremos enfrentar”, afirmou.

“Hoje iniciamos uma nova etapa no meu governo. Estamos implantando um novo modelo de gestão, que não ficará restrito a uma mera reforma administrativa. Queremos mais e por isso estamos ousando em mudar. O Tocantins que queremos parte da coragem de tomar medidas, ainda que impopulares, que tragam de volta o equilíbrio das contas públicas. Vamos continuar priorizando os nossos e atrair quem quiser vir investir”, declarou o governador.

Ao todo, o governador empossou quatro novos auxiliares e remanejou um. Na pasta da Fazenda tomou posse o economista Edson Ronaldo Nascimento, que terá a missão de buscar alternativas para reequilibrar as contas neste momento de incertezas da economia do País. Na Secretaria do Desen­volvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura assumiu o engenheiro civil Alexandro de Castro Silva. Na pasta da Saúde foi empossado o médico Marcos Esner Musafir.

A Secretaria Geral de Governo e Articulação Política será comandada pelo engenheiro agrônomo Lyvio Luciano. Para a presidência do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), o governador Marcelo Miranda empossou o ex-titular da Secretaria Geral de Governo Herbert Brito Barros, o Buti.

A solenidade foi realizada no auditório do Palácio Araguaia e contou com a presença da deputada federal e primeira-dama do Estado, Dulce Miranda; dos presidentes do Tribunal de Justiça, Ronaldo Eurípedes; do Tribunal de Contas do Estado, Manoel Pires; da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), João Emídio; da Assembleia Legislativa, Osires Damaso; do defensor público geral, Marlon Costa; além de deputados estaduais e auxiliares do governo.

Os novos secretários

Edson Ronaldo Nascimento
Fazenda

É natural de Porto Alegre (RS), com graduação em Ciências Econômicas (UFRGS), especialização em Administração Financeira (FGV) e mestrado em Administração Pública pela Universidade de Brasília (UnB), onde foi professor nas áreas de finanças públicas e orçamento (pós-graduação); assistant consultant do Fundo Monetário Internacional (FMI); consultor na área de responsabilidade fiscal da Fundação Getúlio Vargas e secretário executivo de Fazenda do Estado de Goiás (2015), onde realizou, entre outras atividades, a elaboração da Lei de Responsabilidade Fiscal de Goiás e iniciou a primeira operação de emissão de títulos (debêntures) do Estado de Goiás.

Em seu currículo consta ainda funções públicas como diretor-presidente da PBH Ativos S.A, empresa da Prefeitura de Belo Horizonte (MG); coordenador-geral de Planejamento/Orçamento e Finanças, do Ministério do Turismo; secretário de Estado de Planejamento e Orçamento, do Governo do Distrito Federal; secretário administrativo da Defensoria Pública da União; coordenador de Orçamento e Finanças, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; presidente da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), do Mi­nistério dos Transportes; e coordenador de Projetos Federativos, da Secretaria do Tesouro Nacional.

Alexandro de Castro Silva
Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura

É engenheiro civil, formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), especializado em Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) pela Universidade Federal de Itajubá-MG. Atuação na área técnico-comercial, em posições estratégicas e de liderança executiva, experiência consolidada em start up, implantação e operação de empresas de vários segmentos de mercado. Amplo conhecimento em processo de implantação, crescimento e maturação de unidade de negócio, experiência internacional no processo de análise para aquisição de empresas no exterior e participação em comitês nas áreas financeira, fiscal e recursos humanos.

Marcos Esner Musafir
Saúde

Formado há mais de 30 anos, em 1983 entrou para o quadro efetivo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), como pesquisador e médico do Hospital Federal Clementino Fraga Filho. Na UFJR se tornou mestre em Ortopedia e Traumatologia, e também se especializou em Executivo em Saúde e Medicina Desportiva. Fez aperfeiçoamento em Traumatologia em Emergência na Universidade de Toronto, no Canadá. No biênio de 1999-2000 foi presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Rio de Janeiro (SBOT-RJ) e da SBOT Nacional em 2007. Em 2013 atuou como presidente do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into). Em 2014 foi nomeado secretário de Saúde do Estado do Rio de Janeiro.

Marcos Musafir é referência em pesquisas sobre suporte avançado à vida, politraumatizado, imobilizações, prevenção de acidentes automobilísticos e uso do cinto de segurança, com a publicação de diversos livros e trabalhos sobre esses assuntos.

Lyvio Luciano Carneiro Queiroz
Secretaria Geral de Governo e Articulação Política

É engenheiro agrônomo, formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), auditor fiscal da receita estadual de Goiás (servidor de carreira), ex-deputado estadual pelo PMDB. Foi diretor-geral da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), secretário municipal de Comunicação, secretário municipal de Planejamento, secretário da Casa Civil da Prefeitura de Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.