Leide deixa TCE e deputado cobra remuneração

O deputado Sargento Aragão (Pros) apresentou requerimento solicitando a restituição aos cofres públicos de todos os subsídios recebidos pela ex-conselheria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Leide Mota no período de 18 de maio de 2011 até a sua exoneração ocorrida no início do mês. De acordo com o requerimento, Leide recebeu vantagens indevidas enquanto ocupou cargo de conselheira. De acordo com Aragão, ela foi nomeada pelo governador Siqueira Campos (PSDB), en­quanto a vaga seria pertencente ao Ministério Público de Contas, pelo critério da antiguidade. Conforme o requerimento a indicação de Leide contrariou a Constituição Estadual. O requerimento tramita em regime de urgência.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.