Governo autoriza concurso da PM

Coronel Edvan Jesus Silva: “Vamos fazer um certame com transparência”

O governador Marcelo Mi­randa (PMDB) assinou o contrato com a empresa Assessoria em Organização em Concursos Pú­blicos Ltda. (AOCP), vencedora da licitação para realização do con­curso da Polícia Militar. A assinatura ocorreu na quinta-feira, 4, em solenidade na sala de reuniões do Palácio Araguaia. Considerado fundamental para reforçar o efetivo da corporação e a segurança pública no Estado, se­rão ofertadas 1.040 vagas, sendo mil para soldados e 40 para oficiais.

O próximo passo será a publicação do edital do concurso, que deverá ocorrer entre 8 a 12 de janeiro. Tão logo isso ocorra serão abertas as inscrições por um período de 30 dias. A expectativa é que as provas de cunho intelectual sejam realizadas na segunda quinzena de março.

O chefe do Poder Executivo diz que a realização do concurso vai permitir reforçar o policiamento e proporcionar a sensação de segurança à população em todo o Tocantins. “A realização desse concurso é um compromisso da minha gestão e tenho a grata satisfação em dizer que o setor de segurança pública, nos últimos anos, tem recebido uma atenção redobrada”, destacou, lembrando os investimentos relacionados à PM, a exemplo da expansão e renovação da frota de viaturas e aquisições de equipamentos e armas, entre outros.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Edvan Jesus Silva, ressaltou o desejo de realizar todas as etapas na maior brevidade possível, mas com transparência e respeitando os prazos legais. “A ideia é concluir uma fase e iniciar a outra imediatamente, para que ainda este ano possamos ter todos esses profissionais integrando os quadros da Polícia Militar, e fortalecermos ainda mais a segurança em nosso Estado, como deseja o governador Marcelo Miranda”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.