Deputado estadual Valdemar Júnior pede implantação de 10 novos leitos de UTI em Porto Nacional

Segundo o parlamentar, um dos gargalos para a implantação dessas novas vagas de UTI em Porto, estaria na falta de estrutura física da unidade

Preocupado com a situação da saúde em Porto Nacional, o deputado estadual Valdemar Júnior (MDB), juntamente com o presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins deputado Antônio Andrade (PTB) e deputado Ricardo Ayres (PSB), em uma união de forças, pediram ao governo estado que implante no munícipio, 10 novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

No parlamento, o deputado vem reforçando junto ao governo do estado a necessidade de construir um novo hospital na centenária cidade. Isto porque o Hospital Regional de Porto de Nacional (HRPN) que tem alta demanda em atendimentos, sendo referência para as cidades vizinhas, como também para as cidades da região Sudeste do Tocantins, já não possui em sua estrutura, capacidade para lidar com aumento no número de demandas de pacientes que lá chegam.

Segundo o deputado Valdemar Júnior, um dos gargalos para a implantação dessas novas vagas de UTI em Porto, estaria na falta de estrutura física da unidade hospitalar da cidade, que não possui espaço suficiente para a instalação dos novos leitos.

O parlamentar fez tratativas com o prefeito de Porto Nacional Ronivon Maciel (PSD), para que o município disponibilizasse a estrutura física de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) visando a instalação das 10 Unidades de Terapia Intensiva no local. A medida, que segundo ele é urgente, leva em consideração o aumento das demandas na saúde do município, que está estrangulada, devido ao caos provocado pela pandemia do novo Coronavírus. “O prefeito portuense disse que o município vai colaborar no sentido de colocar à disposição do estado, um prédio, para que tão logo o governo do estado possa fazer a implantação das UTI”, explicou o deputado.

O prefeito Ronivon Maciel explicou que o município tem interesse nas instalações dos leitos de UTI, e que a demanda pelos serviços se arrasta há anos na saúde de Porto Nacional. “Estamos dispostos a contribuir com as instalações dessas UTI, se for preciso entraremos também com recursos próprios do município, para poder contemplar. Vejo com bons olhos a iniciativa que será um grande avanço para a saúde de Porto, até porque o atual momento exige que o poder público tome o mais rápido possível uma medida”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.