Deputado estadual Antônio Andrade defende ajuste fiscal

Parlamentar defendeu o ajuste fiscal promovido pelo Governo do Estado e defendeu a importância das obras infraestruturantes

Antônio Andrade, presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins | Foto: Benhur de Sousa

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antônio Andrade (PHS), acompanhado dos deputados Cleiton Cardoso (PTC), Jorge Frederico (MDB), Zé Roberto (PT), Léo Barbosa (SD), Valderez Castelo Branco (PP), Cláudia Lelis (PV), Issan Saado (PV), Nilton Franco (MDB), Olyntho Neto (PSDB) e Elenil da Penha (MDB), além do vice-governador Wanderlei Barbosa (PHS), participaram do lançamento da Agenda Legislativa da Indústria na quarta-feira, 29, em um jantar oferecido pela Federação das Indústrias do Tocantins (Fieto) na sua sede em Palmas.

Em pronunciamento, Andrade defendeu o ajuste fiscal promovido pelo Governo do Estado, por meio do qual, segundo ele, “está procurando se enquadrar na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF); o que é imprescindível para a contratação de empréstimos”.

Andrade pontuou ainda que sabe da importância das obras infraestruturantes: “A gente sabe da importância da construção de hospital em Araguaína e Gurupi, da necessidade de uma nova ponte para Porto Nacional. E quem participa das reuniões do PPA [Plano Plurianual], sabe do sofrimento do povo. Portanto, a saída é buscar a liberação dos empréstimos e a industrialização”, disse.

Já o presidente da Fieto, Roberto Pires, fez um apelo aos deputados por mais investimentos na entidade e incentivos ao setor que ela representa. Pires disse que chamaria os parlamentares para uma reunião nas escolas do Senai para mostrar-lhes o trabalho social da Federação. Pires apontou também para a desindustrialização do Tocantins que, a seu ver, é causada pela alta carga tributária. Ele elogiou a isenção de ICMS promovida pelo Governo ao querosene de avião, o que permitiu a redução do preço da passagem aérea e a oferta de novas linhas, bem como incentivo à compra de caminhões durante a última Agrotins.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.