CPI do PreviPalmas se reúne e define convocação do ex-prefeito Amastha

Convocados serão ouvidos acerca dos investimentos que resultaram em prejuízos para o Instituto

Foto: Divulgação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Instituto de Previdência Social de Palmas (PreviPalmas) definiu os dias 30 de outubro e 6 de novembro para que os convocados sejam ouvidos e prestem esclarecimentos acerca dos investimentos que resultaram em prejuízos para o Instituto. O ex-prefeito Carlos Amastha (PSB) está na lista.

O presidente da CPI, o vereador Professor Júnior Geo (Pros) disse que pretende encerrar os trabalhos antes de 31 de dezembro, quando renunciará para tomar posse como deputado estadual na Assembleia Legislativa. O parlamentar fez questão de destacar que a legislação estabelece como obrigatório o atendimento à uma convocação de Comissão Parlamentar de Inquérito.

Confira as convocações:

Dia 30 de outubro

• Antônio Chrysippo de Aguiar, citado como principal denunciante
• Carlos Amastha (PSB), ex-prefeito
• Eron Bringel, presidente do conselho do PreviPalmas;
• Carlos Spegiorin, atual presidente do PreviPalmas.

6 de novembro

• Max Fleury, ex-presidente do PreviPalmas
• Marcelo Alves, ex-presidente do PreviPalmas
• Fábio Costa Martins, ex-diretor de investimentos
• Cristian Zini, ex-secretário de Finanças da Capital
• Adir Gentil, ex-secretário-chefe da Casa Civil
• Vera Lúcia Isomura, atual titular da Secretaria de Finanças da Capital
• Maria Cristina Carreira, que era representante de instituto contratado pelo PreviPalmas para serviços de consultoria

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.