Carlesse abre oficialmente colheita da safra 2019/2020

Expectativa é de um aumento de 4,5% na produção de grãos, ultrapassando a marca de 5 milhões de toneladas e superando a safra anterior

Carlesse, na abertura da safra | Foto: Esequias Araújo

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), abriu oficialmente na sexta-feira, 31, a colheita da safra de grãos 2019/2020 no Tocantins. O evento ocorreu na fazenda Uruçu, no município de Pedro Afonso, região nordeste do Tocantins. Paralelo à abertura, foi realizada a 10ª Jornada Tecnológica de Pedro Afonso e região, promovida pela Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa).

A expectativa é de um aumento de 4,5% na produção de grãos, ultrapassando a marca de 5 milhões de toneladas e superando a safra anterior, que foi de 4,8 milhões de toneladas. Ao comentar os números da produção de grãos no Estado, o governador falou que é motivo de orgulho ver o entusiasmo dos produtores. Ele disse que o segmento produtivo do Tocantins já está fazendo a sua parte, que é trabalhar com tecnologia para abrir áreas de produção com preocupação em preservar o meio ambiente. “É um orgulho ver o entusiasmo e o comprometimento dos nossos produtores. O que falta é o governo fazer a sua parte, que é melhorar as estradas, a infraestrutura para que o Estado continue melhorando a cada dia. É isso que queremos fazer para atrair mais investidores, diversificar a produção é gerar empregos e renda para os tocantinenses”, frisou.

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, informou que, apesar da estiagem que afetou a cultura da soja, os números da safra 2019/2020 são animadores. Ele revelou que em algumas localidades a produtividade pode chegar a 70 sacas por hectare e a expectativa é de um aumento significativo da produção, apesar das adversidades climáticas. “Nunca tivemos tanto replantio como desta vez, mas não aconteceram perdas totais. Por outro lado, tivemos áreas que não foram afetadas, a exemplo de Pedro Afonso, onde a expectativa é que a produção alcance uma média de 70 sacas por hectare”, revelando ainda que o Governo espera uma média de 5% de aumento da produção diante das expectativas com relação à safrinha, tendo vista os prognósticos de chuvas até meados de abril no Estado.

Jornada Tecnológica
Paralelo à abertura da colheita da safra, a Coapa realizou a 10ª edição da Jornada Tecnológica de Pedro Afonso e Região, um dos principais eventos do agronegócio tocantinense. Na fazenda, foi implantado um campo experimental, com área de 15 hectares, e cultivadas 23 variedades de soja para se observar aspectos como adaptação ao clima e tipos de solo, ciclo reprodutivo, resistência a pragas e doenças, e produtividade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.