Após reorganizar “herança maldita”, Marcelo Miranda inicia novo tempo

Após dar choque de gestão na administração estadual, governador prepara extensa programação de obras e ações para 2018

Marcelo Miranda dá início a obras que interligarão o Jalapão à capital, Palmas: mais segurança e conforto na viagem | Foto: Divulgação

O governador Marcelo Miranda (PMDB) disputou as eleições de 2014 desperto e consciente que os desafios seriam muitos, contudo, não imaginava que a situação econômico-financeira do Estado do Tocantins encontrava-se muito além do caos.

A primeira e desagradável surpresa foi constatar que a folha de pagamento referente ao mês de dezembro de 2014 não havia sido quitada e que, também, não havia recursos em caixa para tal finalidade. Miranda foi obrigado a readequar as contas, sincronizar o pagamento dos servidores com o recebimento do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e estabelecer o dia 12 de cada mês para recebimento dos salários do funcionalismo, que, outrora, ocorria no primeiro dia útil do mês subsequente ao vencido.

Aliado a isso, verificou-se ainda que vários fornecedores não haviam recebido pelos serviços ou produtos fornecidos ao Estado e tal fato gerou um descrédito em âmbito estadual e nacional sem precedentes. Como se não bastasse, a capacidade de endividamento, face a todas essas inseguranças, também foi reduzida, deixando o novo governo de “pés e mãos atados”.

Foi necessário um verdadeiro “choque de gestão” que modificou a rotina dos tocantinenses, uma vez que foi necessária a aplicação de medidas impopulares, tais como aumento de impostos, além do corte de algumas benesses e incentivos fiscais.

A prática mostra que a destruição se faz facilmente em poucos meses, mas a reconstrução demora anos a fio. Mas enfrentando situações inóspitas descritas acima, eis que dois anos e meio depois, a gestão de Marcelo Miranda conseguiu tomar um novo fôlego.

Do alto de sua experiência como político e cidadão, o vereador de Palmas Milton Neris (PP) avaliou o atual estágio da administração do Tocantins: “Creio que o governo do Marcelo Miranda conseguiu vencer as maiores dificuldades e desafios. Ele pegou o Estado em frangalhos, desestabilizado financeiramente, uma vez que foram mais de dois anos administrando uma herança maldita. Tem tentado, a todo custo, melhorar a vida do povo do Tocantins e, principalmente, da região Norte do Estado, como também, reequilibrar as finanças do governo em todas as áreas e, na minha opinião, tem conseguido”.

Governador e auxiliares em vistoria a obras do HGPP, que já foram concluídas Polícia Militar ganha novas viaturas | Fotos: Divulgação

Também vereador de Palmas, Lúcio Campelo (PR) compreende que houve uma guinada na administração estadual. “Vejo uma boa reação do governo Marcelo Miranda, dentro do contexto socioeconômico que passa o nosso País. Entendo que não foi fácil para ele administrar o caos que encontrou. Não é fácil fazer gestão sem dinheiro. Durante um período, a única coisa que poderia ser feita era administrar folha de pagamento e isso vem ocorrendo ao longo do tempo, resultado de más administrações dos recursos públicos, por parte de alguns governantes.”

Campelo lembra que ser o timoneiro de um Estado tão grande não é tarefa fácil: “Contudo, vi o governo Marcelo Miranda, sem aumentar receitas, recuperar estradas, reformar hospitais e melhorar a vida do povo. Isso tudo sem ‘varinha mágica’, porque, verdadeiramente, isso não existe, como quer fazer crer o prefeito de Palmas (Carlos Amastha), por exemplo”.

No que concerne aos avanços, notadamente na área de saúde, destaca-se a reforma e ampliação do Hospital Geral Público de Palmas (HGPP), referência da região Norte. A diretora-geral da unidade, Renata Duran, reforça que a obra é mais um compromisso cumprido do governo do Estado, visando melhorias no acolhimento da população. “Essa ação beneficiará a saúde no Tocantins, além de proporcionar a ampliação da unidade e ofertar mais qualidade aos usuários”, disse.

A paciente Taís Lira de Araújo, internada na enfermaria do HGPP, dá testemunho dessa expectativa positiva: “Com a entrega da obra, tudo vai melhorar, principalmente para a privacidade dos usuários do hospital, além de favorecer a saúde dos pacientes”.

Outro usuário do sistema, Vilmar Alves de Oliveira, que reside em Divinópolis, considera “que o crescimento do hospital vai melhorar ainda mais os atendimentos aos pacientes”.

Empréstimos federais atestam recuperação da credibilidade

Governador Marcelo Miranda vistoria obras de recapeamento no sul do Estado do Tocantins: todas as regiões são beneficiadas com recuperação asfáltica | Foto: Divulgação

O deputado estadual Valdemar Junior (PMDB) atesta que já houve um grande avanço nos dois anos e meio de gestão de Marcelo Miranda. Segundo ele, várias obras e várias ações do governo deram uma alavancada, como a recuperação das rodovias estaduais, a reforma e ampliação do HGPP, os empréstimos aprovados pela Assembleia Legislativa, quais sejam, 450 milhões de reais com a Caixa Econômica Federal (CEF), 150 milhões de reais com o Banco do Brasil (BB) e outros 130 milhões de reais para a construção da nova ponte de Porto Nacional sobre o Rio Tocantins.

“Destes valores — diz Valdemar Júnior —, serão investidos em trechos rodoviários, que interligarão municípios, como Conceição até Taipas, Lagoa do Tocantins até Mateiros, passando por São Félix do Tocantins, além de Gurupi até o Trevo da praia e Araguaína até o distrito de Novo Horizonte, reforma do Hospital de Gurupi e Hospital de Araguaína, inauguração de várias escolas estaduais e conclusão de outras em estágio avançado de construção, que vão ser entregues, no mais tardar, até o início do ano letivo de 2018.”

Esse rol de realizações, diz o deputado, realmente dá um fôlego para o governo do Estado do Tocantins, uma visível recuperação. “Se 2017 é o ano das transformações, vamos entrar em 2018 a todo vapor, com a entrega efetiva de muitas outras obras à população tocantinense.”

O governo também apresenta números consideráveis quando o assunto é segurança. Em relação à nomeação dos socioeducadores do último concurso, no início da capacitação dos novos servidores efetivos do Sistema Socioeducativo, a Diretoria de Proteção da Criança e do Adolescente (DPDCA), Naysângela Tenório, destacou que a capacitação ocorrerá com todos os servidores. “Esse é o começo de uma capacitação para os efetivos que ocorrerá em todas as unidades socioeducativas, na qual vamos trabalhar planejamento e aplicação das medidas socioeducativas”, enfatiza.

Novo servidor público, o técnico socioeducador Kleber Onofre Cordeiro Rocha considera que a capacitação é importante, não apenas como socioeducador, mas também como ser humano: “Por que são abordados vários temas para melhoria do sistema e da sociedade em geral. A comunicação feita pela diretoria e pela coordenação do semiliberdade é, sem dúvida, de muita qualidade e, eu como socioeducador, só tenho a agradecer”, diz.

Valdemar Junior: “2017 é o ano das transformações; em 2018 vamos entregar muitas outras obras aos tocantinenses” | Foto: Koro Rocha

Segurança pública

A área de segurança pública também tem avanços nestes dois anos e meio de gestão. O serviço de inteligência da Polícia Civil e a atuação da Polícia Militar apresentam balanços positivos, como o incessante combate ao tráfico de drogas, entrega de novas viaturas, realização de blitzen nas cidades de médio e grande porte, bem como nas estradas estaduais, além da repreensão ostensiva ao crime organizado.

Recentemente, o governo do Estado nomeou mais de 30 delegados de polícia, que contribuirão com a queda dos índices de criminalidade no Tocantins.

O secretário de Segurança Pública, Cesar Roberto Simoni de Freitas, destacou que os novos delegados têm papel fundamental no fortalecimento da segurança pública do Tocantins. “Esperamos que esses novos profissionais nos ajudem a promover mais segurança à população, pois isso sempre foi uma das determinações do governador Marcelo Miranda, que é modernizar a Polícia Civil e dar mais segurança para o povo”, enfatizou.

O delegado recém-empossado Vladmir Bezerra de Oliveira, que exercerá suas funções na 2ª Delegacia Regional de Tocantinópolis, ressalta: “É uma grande satisfação fazer parte do quadro da Polícia Civil do Tocantins. Foram muitos anos de estudo e posso dizer, com certeza, que este dia é a realização de um sonho. Espero dar o meu melhor e contribuir para o fortalecimento da segurança pública do Estado”.

Enfim, também são fatos notórios os avanços da educação, com o ajuste do calendário letivo, implantação do Plano Nacional da Educação, ampliação e reformas de escolas e implantação de unidades escolares em áreas indígenas e quilombolas, regularização dos pagamentos do transporte escolar, entre outras melhorias.

Além de tudo isso, as obras de infraestrutura também merecem destaque, como a construção e recapeamento de rodovias em todas as regiões do Estado, do Bico do Papagaio a Talismã, da região do Cantão, em Caseara, à Garganta, localizada em Dianópolis, além de pontes, galerias pluviais e construção do anel viário de Palmas, interligando a Avenida NS-15 com a LO-13, desafogando o centro da capital do trânsito pesado de caminhões que necessitam chegar à Ferrovia Norte-Sul.

Deixe um comentário

Meu Deus! Que Tocantins vcs estão falando? Um Estado utópico? Choque de gestão? Faz me rir! Quase 20.000 contratos, comissionados, apropriação dos descontos dos servidores, saúde um caos, segurança pública nem sem fala. Além disso, servidores de carreira com salários congelados em detrimento dos milhares de servidores comissionados, contratos.

Sou morador do Tocantins desde de sua criação e nunca isso aconteceu por aqui, o Senhor que já foi condenado pelo supremo por improbidade que agora governa o estado do Tocantins se elegeu por que mentiu a todos os servidores públicos, o estado continua com seus cabides de empregos, todos os dias são nomeados no diário oficial. A segurança esta uma calamidade, a saúde vai de mau a pior, os investimentos se existem não são vistos. Com tudo isso ainda ha uma investigação da policia federal sobre o enriquecimento ilícito. Então senhores goianos esta terra tão sonhada por nos que… Leia mais
wpDiscuz