A Fazenda Volta da Serra, localizada na região de Alto Paraíso de Goiás, sofreu uma tentativa de invasão. Relatos feitos a Polícia Militar, apontam que ao menos 20 pessoas entraram na propriedade alegando serem do Movimento Sem Terra (MST).

O proprietário das terras, Lauro Jurgeatis, contou que quando o fato ocorreu acionou a Federação da Agricultura e Pecuária (Faeg), por meio do Sindicato Rural de Alto Paraíso, para que providências fossem tomadas em busca do restabelecimento da ordem na propriedade.

Após uma rápida ação das instituições, a Patrulha Rural do Estado de Goiás foi acionada e munida de informações rapidamente retirou os invasores da propriedade. A operação feita pelo 11º Comando Regional da PM encontrou e apreendeu motosserras usadas de forma ilegal.

Para o presidente do Sindicato Rural de Alto Paraíso, Jerson Nagel, foi importante contar com a interlocução da Faeg junto a PM. “Um trabalho que está sendo feito com cada vez mais eficiência. Nosso total agradecimento em nome do Sindicato pelo pronto e eficiente atendimento”, disse.

Zé Mario, presidente da Faeg, ao Lado do Tenente-Coronel Saliba | Foto: Reprodução

Para o presidente da Faeg, Zé Mário Schreiner, a instituição tem o combate à invasão de terras como uma das principais bandeiras “O combate à criminalidade no campo é uma das principais bandeiras da Federação. Não descansamos e fazemos questão de mostrar a todos que invasão de terras não tem vez em Goiás. Protegemos o produtor, a propriedade e cuidaremos bem de cada um que produz.”