Com entrega de 120 escrituras, Trindade chega a 2 mil imóveis regularizados em seis anos

Famílias contempladas na última ação moram no Setor Bela Vista e incluem casos de pessoas que residem no mesmo imóvel há quase 40 anos sem qualquer documento

Izabel Paes Nascimento (centro), de 91 anos, morou quase quatro décadas na mesma casa sem qualquer comprovação legal. Na terça-feira, 5, ela recebeu sua escritura e passou a ser reconhecida legalmente como proprietária da residência da família  | Foto: Jaqueline Costa

Fábio PH
Especial para o Jornal Opção

“Meu marido morreu sem ter o prazer de pegar neste documento.” Izabel Paes Nascimento, de 91 anos, mora no Setor Bela Vista, em Trindade, há quase quatro décadas. Desde terça-feira, 5, ela tem guardada em casa a escritura do imóvel em que reside.

Izabel é uma das 120 pessoas que receberam da Prefeitura de Trindade sua escritura em evento na Escola Municipal Padre Renato. Todos são moradores do Setor Bela Vista. O programa de regularização fundiária do município já legalizou a situação documental de mais de 2 mil imóveis na cidade.

A gestão do prefeito Jânio Darrot (PSDB) alega que regularizar a situação dos moradores em imóveis sem escritura é uma promessa antiga em Trindade, que vem de outras administrações. Mas que nunca foi cumprida. Segundo a prefeitura, chegaram até a cobrar taxas de famílias humildes sem resolver o problema.

Durante o evento de entrega das escrituras, o prefeito destacou que era um momento de se comemorar a nova realidade de 120 famílias. “Parabéns. Hoje vocês dormirão de forma mais tranquila. O teto está documentado, regularizado e a partir de agora pertence a vocês, de fato e de direito”, declarou Jânio.

Geancarlos Passos, responsável pela coordenação do programa na Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, Habitação e Regularização Fundiária, afirmou que a intenção é fazer como que centenas de outras famílias, principalmente de baixa renda, sejam contempladas com a escritura em muitos bairros de Trindade.

O secretário Mardem Júnior, titular da pasta, foi parabenizado pelo prefeito por manter um “ótimo trabalho fundiário” no município. “Quando entregamos a ela [Izabel] a escritura, o brilho de felicidade em seus olhos nos sensibilizou. Tivemos a confirmação de que estamos no caminho certo. É muito gratificante trabalhar pelos que mais precisam da ação do poder público”, pontuou a primeira-dama Dairdes Darrot.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.