Um jantar realizado em Brasília, na noite de terça-feira, 29, levantou as questões sobre o orçamento secreto, criticado pela oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) e que foi tema de debates eleitorais neste ano, com protagonismo do então candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além desse tema, se discutiu alternativas à rejeição da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC do Estouro.

No entanto, chama-se a atenção das personalidades que estavam debatendo esses temas e o local. Trata-se do presidente eleito Lula e dos ministros Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), que promoveu o encontro na própria casa. 

Junto ao trio, estavam a presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Fontes revelaram ao Metrópoles que Lula estava animado durante o banquete, aproveitando a ocasião para indagar muitas perguntas aos interlocutores.