Um exemplo da literatura absurdista de Daniil Kharms

Leia um dos poemas desse excêntrico escritor soviético, intitulado “Um linchamento”

Poeta absurdista russo, Daniil Kharms (1905-1942)

Confira, abaixo, o poema em prosa “Um linchamento”, do poeta russo Daniil Kharms (1905-1942). Kharms pertenceu à corrente literária soviética correspondente ao dadaísmo da Europa Ocidental, que ficou conhecida na historiografia russa como “absurdista”.  A tradução que segue é de Lauro Machado Coelho, extraída da coletânea selecionada pelo próprio tradutor: “Poesia Soviética” (São Paulo: Algol Editora, 2007).

***

UM LINCHAMENTO

Petróv monta em seu cavalo e, dirigindo-se à multidão, faz um discurso a respeito do que acontecerá se, na praça onde hoje há um parque público, for construído um arranha-céu americano. A multidão ouve e, evidentemente, concorda. Petróv faz anotações em sua caderneta. No meio da multidão pode-se distinguir um homem de meia-idade que pergunta a Petróv o que foi que ele anotou em sua caderneta. Petróv responde que isso só diz respeito a ele mesmo. O homem de meia-idade insiste. Uma palavra leva à outra e uma briga começa. A multidão toma o partido do homem de meia-idade e Petróv, para salvar a própria pele, esporeia o cavalo e dá volta na praça. A multidão fica agitada e, na falta de outra vítima, agarra o homem de meia-idade e arranca-lhe a cabeça. A cabeça arrancada rola na calçada e fica presa num ralo de esgoto que está aberto. A multidão, tendo satisfeito as suas paixões, se dispersa.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ADALBERTO DE QUEIROZ

Wow!

ADALBERTO DE QUEIROZ

Aos diletos leitores do Opção Cultural, avisamos que o Diretor-Ator-dramaturgo goyano Marcos Fayad fará encenar texto deste autor, cfme. nota em seu (dele) facebook.
O russo Daniil Kharms escreveu nos anos 20 e nós encenamos sua miniatura grotesca:
“CERIMÔNIA PARA PERSONAGENS ESTRANHOS”
Estreia dias 5 /6 /7 de abril
Teatro Sesc – Centro
20h