Produtoras independentes terão R$ 25 milhões para projetos de cinema

Edital destina recursos para filmes de ficção, documentário ou animação a produtoras sediadas nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul e nos estados de MG e ES

Verba total de R$ 150 milhões do FSA foi distribuída em quatro modalidades de proponentes – Foto: Arquivo/Agência Brasil

Produtoras de audiovisual independentes sediadas nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul e nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo podem candidatar-se a receber recursos previstos no Edital de Fluxo Contínuo de Produção para Cinema. A chamada pública, lançada pelo Ministério da Cultura (MinC), destina R$ 25 milhões para essa categoria vindos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

O edital designa ao todo R$ 150 milhões a longa-metragens de ficção, documentário ou animação, divididos em quatro categorias de proponentes:

– Modalidade A: R$ 55 milhões apenas para distribuidoras. Inscrições abertas em 18/9.
– Modalidade B: R$ 55 milhões para produtoras de todo o País. Inscrições abertas em 25/9.
– Modalidade C: R$ 25 milhões para produtoras sediadas nas regiões citadas ou distribuidoras cujos projetos sejam executados por uma dessas produtoras. Inscrições a partir de 2/10.
– Modalidade D: R$ 15 milhões para complementação de recursos de projetos apresentados por produtoras brasileiras. Inscrições a partir de 9/10.

Os prazos terminam de acordo com a disponibilidade de recursos e a quantidade de propostas entregues. O edital está disponível no site do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e os projetos podem ser enviados por esse portal ou pelo da Agência Nacional do Cinema (Ancine).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.