Itego Basileu França terá sede ampliada

Governo de Goiás cede prédio da Secretaria Cidadã ao Itego para garantir mais espaço aos alunos

Sede do Basileu França | Foto: Divulgação

O Instituto Tecnológico de Goiás (Itego) em Artes Basileu França terá mais espaço físico para desenvolver suas atividades, garantindo mais conforto e comodidade aos seus 5.300 alunos e 196 professores e servidores administrativos. A escola vai passar a ocupar, também, o prédio anexo onde funcionava a Secretaria Cidadã, Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial e Direitos Humanos, no Setor Leste Universitário.

O secretário de Desenvolvimento (SED), Leandro Ribeiro, visitou as instalações do Basileu e do prédio anexo e autorizou o início, imediato, das obras de adaptação para abrir mais 64 salas de aulas. Com isso, a Escola deixa de funcionar em prédios alugados, gerando economia anual de mais de R$ 200 mil aos cofres públicos.

A partir da próxima segunda-feira, dia 13, o Basileu França passa a ocupar o local, que foi doado oficialmente para o Instituto, no último dia 7 de maio. O termo de doação já foi assinado pelo Governo de Goiás e atualmente se encontra na Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan).

A reestruturação física do local será rápida e simples para facilitar a transferência de alguns departamentos, uma vez que o prédio está em bom estado de conservação. Segundo a diretora do Basileu, Lóide Magalhães, a princípio, algumas divisórias serão retiradas porque são necessárias salas amplas e grandes para abrigar as orquestras e os balés. Além disso, haverá a criação de novas salas de aula para cursos de música, dança e demais áreas. Também será feito um piso flutuante em madeira, específico para bailarinos.

A diretora do Basileu França, Lóide Magalhães, destaca os investimentos do Governo de Goiás na educação profissional artística e cultural do Estado. “Essa ampliação vai aumentar o atendimento e amenizar a demanda do Basileu França, além de possibilitar a inclusão de mais pessoas na profissionalização artística, democratizar a arte e organizar o espaço físico por áreas de cursos oferecidos”, conclui.

O Itego Basileu França oferece inúmeros cursos de formação profissional nas áreas de música, dança, teatro, circo, artes visuais, arte-educação e arte-inclusão para cerca de 5.300 alunos. Esses estudantes assistem aulas e praticam atividades na sede da instituição, em Goiânia, e também em três colégios tecnológicos (Cotecs), localizados nas cidades de Itumbiara, Senador Canedo e Bela Vista de Goiás. Brevemente, serão inaugurados mais dois Colégios Móveis nas cidades de Goianira e Nerópolis.

O Itego em Artes Basileu França, ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), é administrado pela Organização Social (OS) Centro de Gestão em Educação Continuada (Cegecon).

Na visita ao Itego Basileu França, o Secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), Leandro Ribeiro, esteve acompanhado do superintendente Executivo de Ciência e Tecnologia da SED, Roberto da Piedade Francisco, do Chefe de Gabinete de Gestão de Capacitação e Formação Tecnológica, Fernando Jorge de Oliveira, do secretário de Estado da Cidadania, Murilo Mendonça, e de representantes do Cegecon.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.