Felipe Cardoso
Felipe Cardoso

Goiânia ganha primeiro centro de treinamento gamer voltado para jogadores de LoL e CS

Primeiros atletas desembarcaram em Goiânia para início dos treinos na nova casa do time Rensga Esports. Diretor executivo do grupo garante que equipe CS:GO será 100% goiana

Projeto da sala de jogos que será entregue em fevereiro / Foto: Reprodução

Jogadores profissionais de League of Legends (LoL) da Rensga Esports desembacaram em Goiânia. Ao todo, serão cinco players e um técnico vindos de diferentes regiões do País. Eles passarão a morar e treinar na capital — que agora conta com o primeiro centro de treinamento para gamers.

Outra novidade é a estruturação de um time de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). O grupo será 100% goiano. “Estamos ‘repatriando’ jogadores que estavam há algum tempo fora de casa”, justifica o CEO da Rensga, Djary Veiga. O “repatriar” diz respeito a dois veteranos que já ocuparam times de ponta em disputas internacionais, com o Team One, por exemplo.

Todo investimento faz parte de um projeto de apoio ao desenvolvimento dos esportes eletrônicos em Goiás. O CS:GO, que sempre esteve na mira da Rensga, também tende a alçar voos mais altos ao longo deste ano. O time contará com os veteranos Victor (BLD) e Pedro (DRG).  Ambos estarão acompanhados de outras promessas do game como Rafael (BrokeN), Rafael (Paiva), Sérgio (Sing) e Thiago (THG).

“O contrato firmado com os jogadores funciona como qualquer outro do mundo esportivo. Fornecemos o que é preciso para que eles se instalem e participem dos treinamentos. Para nós, é importante que haja proximidade entre os membros da equipe. Funciona como uma família. É interessante que eles se conheçam e se aproximem”, explica o manager de esports, André Nunes.

CEO da Rensga, Djary Veiga / Foto: Reprodução

Djary Veiga, por sua vez, conta que a Rensga almeja também alcançar times de base universitária para formação de novos atletas. “Acreditamos muito no cenário competitivo do jogo e que podemos formar um time campeão”.  “Buscaremos também pessoas que estão começando suas carreiras e ainda precisam desenvolver seus potenciais. Queremos montar também um time 100% goiano de LoL”, acrescentou Nunes.

Já o time de LoL será composto pelos seguintes atletas: Leonardo (Erasus), Pedro (Zirigui), Vinícius (Bydeki), Matheus (Blacky), Thiago (Kiari), o coach Pedro (Gafone) e o analista Nuno (Nunu).  Eles foram os escolhidos para disputarem o “Circuitinho” de LoL a partir de março. Trata-se de uma espécie de terceira divisão do campeonato brasileiro do game.

Todos os treinos serão realizados na Orbi Gaming — sede do centro de treinamento dos times. O espaço conta com mais de 800 m² e se encontra em fase final de estruturação. O ambiente está localizado no Setor Marista e será inaugurado no mês de fevereiro.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.