Felipe Cardoso
Felipe Cardoso

“Parasita” vence como melhor filme e Joaquin Phoenix (Coringa) leva prêmio de melhor ator

Longa vencedor garantiu ainda outras três estatuetas: Melhor Direção (Bong Joon Ho), Melhor Roteiro Original e Melhor Filme Estrangeiro. Veja outras premiações 

“Parasita” garante prêmio de Melhor Filme no Oscar 2020 / Foto: Getty Images

O Oscar 2020 premiou na noite da último domingo, 9, em Los Angeles, as principais produções cinematográficas do ano passado. O grande vencedor, na categoria de Melhor Filme, foi o longa “Parasita”.

A produção é sul-coreana e fala sobre a diferença de classes. Além de ser premiado como o Melhor Filme, o longa levou, ainda, outras três estatuetas: Melhor Direção (Bong Joon Ho), Melhor Roteiro Original e Melhor Filme Estrangeiro.

Vale lembrar que esta é a primeira vez em que se premia, nesta cerimônia, um filme não falado em inglês. O longa desbancou grandes nomes da indústria cinematográfica como Tarantino e Scorcese, por exemplo.

Na sequência dos mais premiados veio “1917” — o favorito da noite — que reuniu, ao todo, três estatuetas. “Coringa”, “Ford vs Ferrari” e “Era uma vez em Hollywood”, levaram duas.

E, por falar em “Coringa”, Joaquin Phoenix foi quem levou a estatueta de Melhor Ator. Ele, que protagonizou o longa, desbancou nomes como Leonardo DiCaprio, Adam Drive, Antonio Banderas e Jonathan Price. O filme também venceu a categoria de Melhor Trilha Sonora.

Já o prêmio de Melhor Atriz foi para Renée Zellweger graças a sua atuação em “Judy: Muito Além do Arco-Íris”. Outras favoritas eram Scarlett Johansson, Charlise Theron e Saoirse Ronan.

Tão sonhado

Na categoria de melhor documentário, a torcida brasileira foi para “Democracia em Vertigem”, da diretora mineira Petra Costa. Mas infelizmente a estatueta não veio. O prêmio foi para “Indústria Americada”, longa produzido pelo casal Barack e Michelle Obama.  Além de “Democracia em Vertigem”, o filme desbancou também outras grandes produções como “For Sama”, “Honeyland” e “The Cave”.

Laura Dern, que atuou em História de um Casamento — original Netflix — levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante. Brad Pitt, por sua vez, foi quem levou como melhor ator ainda na categoria coadjuvante. Pitt foi premiado graças a sua atuação em Era uma Vez em Hollywood.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.