A Câmara Municipal de Goiânia deve realizar em 2023 concurso público com 22 vagas, sendo 15 de nível médio e 7 superior. Os novos cargos irão suprir necessidades da Diretoria de Tecnologia da Informação, da TV Câmara e do Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt). A matéria foi aprovada em primeira votação no dia 14 de dezembro e precisa ser votada em definitivo.

Com a realização do concurso, a Câmara busca atender à demanda por profissionais de nível técnico, necessários após reestruturação da TV Câmara, e repor vagas de servidores que se aposentaram ou pediram exoneração nos diversos departamentos da Casa.

“O projeto de lei desse novo concurso representa nosso compromisso com ampliação do quadro de servidores permanentes da Câmara Municipal de Goiânia. No ano passado, já havíamos concluído o concurso realizado na última legislatura (2017-2020). Este novo certame vai reforçar nosso quadro de pessoal efetivo que trabalha, direta e indiretamente, na divulgação das atividades do Poder Legislativo, dando mais transparência à atuação dos vereadores”, ressaltou o presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo (Patriota).

O líder do prefeito na Casa, vereador Anselmo Pereira (MDB) afirma destaca os investimentos na TV Câmara. “Vamos reforçar equipes da TV Câmara Goiânia, que recebeu investimentos em digitalização e atualização dos equipamentos, e da área de tecnologia da informação, responsável por nossas redes de dados, pelo Sistema Unificado de Administração Pública (Suap) e segurança de rede”, concluiu o presidente.

O acompanhamento e programação das etapas necessárias à realização do concurso serão de responsabilidade da Comissão Permanente de Concurso Público e Estágio Probatório. A Comissão também é responsável pela fiscalização do certame e deverá iniciar processo de escolha da instituição responsável por aplicar as provas, após aprovação do projeto em segundo turno.