Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornal Diário da Manhã pede recuperação judicial

Se o pedido for aprovado pela 3ª Vara Cível, o jornal terá 60 dias para apresentar seu plano de recuperação judicial. Ações contra a empresa ficam suspensas por 180 dias

O jornal Diário da Manhã pediu recuperação judicial na 3ª Vara Cível de Goiânia. A empresa é dirigida pelo jornalista Batista Custódio, seu editor geral, e pelo executivo Júlio Nasser.

Seguindo a Lei 11.101/2005 — da Lei da Falência —, o juiz da 3ª Vara Cível vai analisar se o jornal apresentou todos os documentos, daí dará o despacho de processamento. Isto ainda não significa que se trata de aprovação do pedido de recuperação judicial. Significa, isto sim, que o pedido será examinado.

Desde já, as ações contra o jornal ficam suspensas por 180 dias. O “Diário da Manhã” terá 60 dias para apresentar o plano de recuperação judicial. Em seguida, os credores são convocados para dizer se aprovam ou não o plano.

Ressalte-se que a recuperação judicial não é falência. É uma tentativa de salvar a empresa da falência.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.