Euler de França Belém
Euler de França Belém

CBN demite jornalistas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Outras áreas foram atingidas

Jornalistas dizem que a direção da rádio alega contenção de despesas e queda no faturamento

Carolina Morand trabalhava havia dezoito anos na CBN | Foto De seu Facebook

Carolina Morand trabalhava havia dezoito anos na CBN | Foto: De seu Facebook

A Rádio CBN voltou a demitir em São Paulo e no Rio de Janeiro. O Grupo Globo promoveu demissões na redação, seis jornalistas (e o gerente de Jornalismo caiu, mas permanece como comentarista esportivo), e nos setores de informática e transporte (motoristas). Profissionais da rádio afirmam que a empresa alega que, devido à crise econômica do país — com faturamento comercial em queda —, é necessário conter despesas.

Cátia Toffoletto trabalhava na CNS em São Paulo, havia vários anos | Foto: De seu Facebook

Cátia Toffoletto trabalhava na CBN em São Paulo, havia vários anos | Foto: De seu Facebook

A CBN está demitindo aos poucos. As chefias por vezes sugerem que não serão feitas novas demissões, mas logo depois, contrariando o que dizem, a empresa afasta mais profissionais.

Jornalistas demitidos

1 — Alessandra Dias

2 — Álvaro Oliveira Filho — Perdeu a Ger
ência de Jornalismo, mas ficou como comentarista esportivo, com salário bem menor. A rigor, não pode ser considerado como demitido.

3 — Carolina Morand — A jornalista estava a CBN havia 18 anos. Foi estagiária, repórter, gerente e âncora. “Sinto que atingi a maioridade e parto para um novo ciclo. Estou emocionada, mas com o coração leve e a certeza do dever cumprido. Vou ali me reinventar e já volto”, escreveu no Facebook.

4 — Cátia Toffoletto — Trabalhava na CNS em São Paulo, havia vários anos.

5 — Cinthia Gomes

6 — Marcela Guimarães

7 — Vagner Magalhães

15 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

JOÃO RICARDO PAVANELLI

É COM MUITA TRISTEZA QUE TOMO CONHECIMENTO SOBRE ESSA NOTÍCIA. PARTICULARMENTE, COMO OUVINTE ASSÍDUO DA RÁDIO GOSTAVA MUITO DA CÁTIA TOFFOLETTO E DA CAROLINA MORAND. QUEM PERDE COM ESSAS DEMISSÕES, SÃO OS OUVINTES E NÃO A RÁDIO. LAMENTÁVEL.

Valquiria

Passados meses do desligamento de profissionais da CBN ainda sinto falta das manhãs do Jornal da CBN da Cátia Toffolleto. Corinthiana é verdade, mas gostava muito dela. Sinto falta de outros profissionais também. Que pena!

Clovis Itamar Carvalho de Polillo

Puxa, mas a Cátia Toffoleto!!!! Era umas da mais queridas pelo público!!

Aparecido freita

Quanta incoerência , quem fez a Radio , botam fora , CBN São Paulo esta com a cara da Band News ???

Claudio Ricardo dos Santos

Já havia sentindo, falta da Cátia Toffoleto, que tristeza saber que foi demita, quem perdeu foi os ouvintes, lamentável…sucesso Catia.

Sergio Parmigiani

Fiquei triste com estas demissões. Mas fiquei mais triste por ter de pesquisar para saber disso. A rádio deveria informar aos ouvintes estas demissões, não precisa entrar em detalhes, mas como ouvinte a 20 anos deveria saber pela rádio quando sai alguém que gostamos. A única vez que me lembro de ser informado fai quando da saída do Heródoto Barbeiro. Por favor cbn pensem nisso.
Abraços!!!

Eduardo Barbosa

Demitir a Carolina Morand é brincadeira! Sempre foi uma âncora simpática, equilibrava
muito bem seriedade, credibilidade e descontração, além de demonstrar formação e cultura geral acima da média na CBN. Era capaz de discutir com propriedade sobre qualquer assunto. Demiti-la foi uma terrível bola fora da CBN

Airton Teixeira

Lamento muito, por essa situação,
Mas fiquei surpresa com desligamento da
Carona Toffoletto

Ivete Pincelli

Catia Toffoletto era peculiar. Gostava de ouvir a pronúncia de suas palavras quando queria enfatizar algo, separando sílaba por sílaba. Lamentável. Aliás, não gosto mais da CBN como gostava antes. Tenho a impressão de uma certa parcialidade. Sobre a notícia do valor da inscrição para o ENEM de cerca de $ 80,00, ouvi só uma vez (entre tantas) que alunos de escolas públicas estariam isentos dessa cobrança e mais ainda, que alunos bolsistas de escolas particulares também estariam isentos. Nas demais vezes, a notícia terminava no valor e ponto final, sem as ressalvas.

Anderson Freire

Lamentável a demissão da Super Âncora Carolina Morand. Todos nós, ouvintes, perdemos com a saída desta Profissional que tanto no CBN-Rio, quanto em outros horários, em que substituía os titulares,ela sempre se saía excelentemente bem. Eu era e continuo sendo seu fã. Creio que em breve a ouviremos em algum prefixo,espero que aqui bem pertinho….no Rio de Janeiro. Sucesso Carol.

Elza

Lamentável a atitude da CBN; Catia Toffoletto, uma jornalista muito querida do público. Confesso que a rádio perdeu muito e caiu no meu conceito.

Raquel Brana de Carvalho

A CBN perdeu muito com a demissão de tantos profissionais valorosos! Sinto muita falta, em especial, da Cátia Toffoletto. Suas reportagens tão pertinentes e sua simpatia fizeram com que ela se tornasse parte de nossas famílias! Que pena! Deixa muita saudade!!!

carlos

também foram pra rua grandes locutores como joão carlos santana, thiago barbosa, entre outros… no lugar colocaram uma mina com voz de mickey mouse ( luiza silvestrini ) e a chata da tatiana vasconcellos que era da band news pra fazer um programa da tarde…
to fora dessa rádio…

EZEQUIAS DE OLIVEIRA

EU SOU UM OUVINTE FREQUENTE DA CBN, MORAVA EM SÃO PAULO OUVIA PRATICAMENTE TODOS OS PROGRAMAS COMO EXEMPLO, HERÓDOTO BARBERIO,SILVANA RIQUENA,, E TANTOS OUTROS JORNALISTAS, FAMOSOS , SIDNEI RESENDE,HAICEM ABAQUE,E OUTROS MAIS PROFICIONAIS DA CBN, SAUDADES DESTES PROFICIONAIS, E VIM PRA O PARANA E TEM TBM A CBN EM MARINGA, MAS JA ESTAVA TÃO ACOSTUMADO COM A CBN DE SÃO PAULO, ENTÃO EU CONTINUO OUVINDO A CBN DE SÃO PAULO, MAS PARECE QUE OS PROFICIONAIS JÁ NÃO SÃO TÃO CARISMATICOS COMO OS DANTES, OUTRA COISA EU ASSISTIA OS APRESENTADORES AI VIVO NOS ESTUDIO, HJ EU SÓ OUSO, MAS NÃO VEJO… Leia mais

Marcelo Obst

Duro é aguentar Fabíola Cidral, que se acha

Guilherme Neumas

A “crise” na realidade é resultado do “desmonte” em curso no sistema Globo de rádio – que vem se acentuando – e que afeta também a CBN que é a jóia da coroa. Fora a questão econômica, possivelmente a gestão deixa muito a desejar. . . Uma pena observar o declínio da Rádio Globo na atualidade. . .