Vilelismo pode bancar Daniel Vilela para o governo e Leandro Vilela para a Câmara dos Deputados

O vilelismo estaria prestes uma nova panelinha no PMDB? Não se sabe. Mas, ao deixar o JBJ, Leandro Vilela pode ser candidato em 2018

Daniel Vilela e Leandro Vilela | Fotos: Reprodução

O vilelismo pode bancar dois políticos da família para a disputa eleitoral de 2018. Leandro Vilela, que já foi parlamentar federal, estaria planejando voltar à Câmara dos deputados. Tanto que deixou o JBJ — grupo dirigido pelo empresário Júnior Friboi —, que atua tanto na área de frigorífico, o Mataboi, quanto na área de construção civil. A Lava Jato, que investiga a JBS-Friboi mas não a JBJ, parece ter assustado o jovem executivo. O deputado estadual José Nelto, que vai disputar mandato de deputado federal e esperava contar com os colégios eleitorais de Daniel Vilela, pode ficar a ver navios — se confirmada a postulação de Leandro Vilela. O segundo postulante do vilelismo é o deputado federal Daniel Vilela, que articular para disputar o governo de Goiás.

Vilelistas sugerem que Leandro Vilela vai cuidar dos próprios negócios e, pelo menos no momento, não cogita disputar mandato. Mas admitem que é preciso esperar 2018 para saber o que realmente o ex-deputado planeja fazer. Sua mulher abomina, mas ele gosta de política.

Uma resposta para “Vilelismo pode bancar Daniel Vilela para o governo e Leandro Vilela para a Câmara dos Deputados”

  1. Luciano Almeida disse:

    A “renovação” do PMDB de Goiás é mera troca de “panelas”; sai a “panela velha” de Iris e aparece a “panela nova” dos Vilela. Essa turma não se emenda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.