Victor Priori não deve participar da sucessão em Jataí: “Não mexo mais com política”

Empresário disse ao Jornal Opção que disputar eleições municipais novamente em 2020 não está nos seus planos

Ex-deputado estadual Victor Priori pediu desfiliação do DEM | Foto: Y. Maeda/Alego

O empresário Victor Priori não deve disputar a eleição de 2020 para prefeito de Jataí, mesmo diante dos 42,89% de votos válidos conquistados no pleito passado. Pediu desfiliação do DEM e afirmou ao Jornal Opção que não pretende entrar na briga pela sucessão de Vinícius Luz (PSDB). “Não mexo mais com política”, revelou.

Na última eleição, Priori concorreu pelo DEM e obteve 20.744 votos, insuficientes para bater o Vinícius Luz, que venceu com 51,48% da preferência dos eleitores. 

Priori chegou a assumir o cargo de deputado estadual em duas oportunidades. Em 22 de setembro de 2014, deixou a condição de suplente após a renúncia de Padre Ferreira e com a indicação do então deputado Helder Valin ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em 21 de fevereiro de 2017, entrou na vaga surgida com o retorno da deputada Lêda Borges (PSDB) à Secretaria de Estado da Mulher (hoje Secretaria do Desenvolvimento Social), onde permaneceu até 31 de janeiro de 2018, após o retorno da parlamentar à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.