Vereador Romário Policarpo declarou ao TSE ser dono de um sobrado com valor subavaliado

Localizado no Condomínio Residencial Fabiane Theonas, no Bairro Santa Genoveva, o imóvel vale, segundo o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, apenas 26 mil reais

A Prefeitura de Goiânia atualizou o valor do IPTU. Um dos motivos é que milhares de casas valem muito mais do que o valor declarado por seus proprietários. Veja-se o exemplo do presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo, do Patriota.

Ao Tribunal Superior Eleitoral, Romário Policarpo informou que um sobrado de sua propriedade vale 26 mil reais. Ocorre que no Setor Santa Genoveva, em Goiânia, praticamente não há imóveis com este valor — nem mesmo um lote custa tão pouco. Qual será o IPTU que o vereador vai pagar este ano?

Romário Policarpo: patrimônio declarado de 239 mil reais | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O sobrado de Romário Policarpo tem área de 129,6m².

O Ministério Público Eleitoral e a Justiça Eleitoral não se manifestaram a respeito do imóvel com valor supostamente subavaliado.

No site do TSE, consta que todos o bens de Romário Policarpo valem R$ 239.022,39. Antes de ser vereador (está no segundo mandato), ele era guarda municipal.

Nota do vereador Romário Policarpo

“Conforme consta na declaração do Imposto de Renda entregue à Justiça Eleitoral em 2020, o valor total do financiamento do imóvel em questão é R$ 360 mil (o valor venal é de R$ 315 mil).

“O valor apresentado na Declaração de Bens disponível para consulta refere-se ao valor do financiamento pago até então. O imóvel foi financiado junto ao Bradesco em 240 meses.

“Até a presente data foram pagas 34 parcelas, restando um saldo devedor de R$ 310.042,11 (trezentos e dez mil, quarenta e dois reais e 11 centavos).”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.