Vereador de Jataí diz que, totalitário, o prefeito Humberto Machado quer calar a voz da oposição

Vinicius Luz diz que o prefeito de Jataí não trabalha para aumentar a renda do município | Foto: reprodução / Facebook

Vinicius Luz diz que o prefeito de Jataí não trabalha para aumentar a renda do município | Foto: reprodução / Facebook

O vereador Vinicius Luz (PSDB) diz que o prefeito de Jataí, Humberto Machado — conhecido como “caudilho do Sudoeste” —, precisa ser desmitificado. “O peemedebista é um gestor menos eficiente e criativo do que as pessoas que moram fora do município acreditam. Ele é o homem do ‘batom’, da ‘maquiagem’. Sua preocupação com as questões humanas é mínima, tanto que os problemas na área de saúde são graves.” Autoritário, o caudilho “quer calar seus críticos”.

“Eu e o vereadores Thiago Maggioni, do PSDB, e João Rosa, do PR, cobramos soluções para os problemas do município. Nós fomos eleitos para fiscalizar os atos do prefeito, não para endossar aquilo que avaliamos que está errado ou é insuficiente. Numa ação totalitária, Humberto quer eliminar a oposição, mas não vai conseguir”, sublinha Vinicius Luz.
O tucano avalia que, se uma administração mais criativa não for implantada em Jataí, a curto prazo, a prefeitura vai entrar em colapso. “Nós precisamos atrair mais indústrias e aumentar a renda do município.”

Ao mesmo tempo em que critica a gestão de Machado, Vinicius Luz frisa que o PSDB de Jataí “está sem comando”. “Não temos nem comissão provisória.”

Uma resposta para “Vereador de Jataí diz que, totalitário, o prefeito Humberto Machado quer calar a voz da oposição”

  1. Avatar thiago disse:

    cidade pequena não tem oposição . todos deveriam se uir pelo prol de jatai mas o que acontece são que politicos como Vinicius Luz ganham visibilidade falando mal do trabalho de outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.