Há quem, no tucanato, já fale em lançar Joaquim Mesquita para prefeito de Goiânia, em 2016. Ou então para vereador.

O secretário de Segurança Pública aprecia política, mas não planeja disputar mandato eletivo em 2016 ou 2018. Se deixar a SSP, volta para a Polícia Federal.