Thiago Peixoto, Evandro Magal e Wilder Morais: um deles pode ser vice de José Eliton

É praticamente certo que a chapa da base aliada não será puro-sangue, por isso cresce a chance de um vice, como Vanderlan Cardoso, que não seja do PSDB

Arquivo

O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), é o mais novo cotado para vice na chapa que será encabeçada por José Eliton para governador de Goiás.

A disputa pela vice de José Eliton será intensa. Estão no páreo: o senador Wilder Moraes (PP), os deputados federais Célio Silveira (PSDB), João Campos (PRB), Thiago Peixoto (PSD) e Marcos Abrão (PPS), a deputada estadual Lêda Borges (PSDB), o empresário Vanderlan Cardoso (PSB) e o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB).

Porém, como José Eliton é tucano, dificilmente seu vice será do PSDB. Tende a ser do PP, do PSB ou do PSD.

A tendência é que o PSDB tenha dois nomes na chapa majoritária — José Eliton, para o governo, e o governador Marconi Perillo, para o Senado — e agregue integrantes de partidos aliados, como Wilder Morais (vice ou senador), Thiago Peixoto (vice), Vanderlan Cardoso (vice) ou Lúcia Vânia (Senado).

Há, por fim, as suplências dos dois postulantes ao Senado. A primeira suplência de Marconi Perillo — a mais cobiçada, porque há uma crença de que, se for eleito um presidente do PSDB, será guindado ao cargo de ministro e o suplente assumirá o mandato pelo menos por quatro anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.