Sheilismar Ribeiro troca o MDB pelo PRTB na prorrogação

Em 2020, ela foi vice na chapa do emedebista Márcio Luis da Silva. Agora, seria candidata pelo MDB, mas decidiu sair do partido

Na marca do pênalti, já na prorrogação, a Sheilismar Ribeiro, uma das vozes mais respeitadas do jornalismo de Porangatu, trocou o gigante MDB pelo mignon PRTB. Qual a lógica ou as lógicas?

Uma delas: é mais fácil de se eleger deputado estadual pelo pequeno PRTB do que pelo gigante MDB.

Agora a falta de lógica: numa cidade pequena, que não tem 30 mil eleitores, por que um partido como o PRTB precisa de dois candidatos a deputado estadual: Givago Valadares e Sheilismar Ribeiro? Não se sabe. Mistério.

Sheilismar Ribeiro: jornalista e política na cidade de Porangatu| Foto: Divulgação

Há quem postule que, adiante, a jornalista abra espaço para Givago Valadares, que, filho da prefeita Vanuza Valadares e do empresário Eronildo Valadares, tem uma estrutura muito maior — incomparável.

O presidente do MDB em Porangatu, Márcio Luis da Silva, não ficou satisfeito com a jogada de Sheilismar Ribeiro. Não disse que irá lançar outro candidato. Mas o MDB estadual vai cobrar que lance. Na verdade, o que o presidente do partido, Daniel Vilela, e Márcio Corrêa querem é lançar Márcio Luis da Silva para deputado estadual. De cara, postulam, sairia como favorito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.