A federação do Cidadania com o PSDB levou Leila do Vôlei a romper como partido. O PSDB já tem candidato em Brasília, o senador Izalci Lucas

Ex-jogadora de vôlei da Seleção Brasileira, Leila Barros, a Leila do Vôlei, planeja ser candidata a governadora do Distrito Federal este ano e avalia que a federação entre o Cidadania e o PSDB atrapalha seu projeto político — até porque o PSDB já definiu seu candidato a governador, que será o senador Izalci Lucas. “Após uma longa reflexão acerca da decisão e dos impactos de o Cidadania formar uma federação, optei por me desfiliar do partido, uma vez que essa união repercute diretamente nas conversações relacionadas às próximas eleições para o governo do Distrito Federal”, disse, por meio de nota, a senadora.

Leila Barros, senadora: a caminho do PDT? | Foto: Comunicação do Senado

Apesar de sair do Cidadania, Leila Barros admitiu que se sentiu “acolhida” pelos membros do partido, como Eliziane Gama, Alessandro Vieira e Roberto Freire (o presidente da legenda). “Deixo o partido mantendo as amizades que construí e alimentando o mesmo respeito por sua militância e quadros políticos”, frisou a senadora.

O PDT planeja lançar Leila Barros para governadora do DF. Mas a senadora ainda não se definiu pela filiação. O partido tem candidato a presidente da República, Ciro Gomes, e Leila Barros poderia fortalecê-lo na capital nacional.