Wilder Morais está fazendo sucesso em Brasília, mas não é no Senado. O democrata comprou um barco sofisticado, quase um iate, e o colocou no lago da capital. Políticos do primeiro escalão da República já passaram pela luxuosa embarcação. Assim como algumas das mulheres mais lindas da cidade.

Se sair a fusão DEM-PTB, o empresário não deve ficar na nova legenda. É possível que migre para o PL ou para o PSD de Gilberto Kassab. Em Goiás, Wilder planeja continuar na base política do governador Marconi Perillo. Detalhe: ele quer disputar a reeleição em 2018, mas sabe que, na aliança do tucano-chefe, não será nada fácil. Pode ser candidato a deputado federal.