Senador goiano Wilder Morais é, segundo a Época, um dos aliados de Renan Calheiros contra Dilma

O presidente do Senado conta com o apoio do empresário e senador Wilder Morais para impedir que Luiz Fachin seja indicado para o Supremo

“O inimigo nº 1 do governo”, diz a capa da revista “Época” desta semana, numa referência ao presidente do Senado, Renan Calheiros. Os repórteres Diego Escosteguy e Leandro Loyola, na matéria “O maior inimigo do governo Dilma”, mostram que o político de Alagoas, muito mais do que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, é, no momento, o maior adversário do governo do PT. Pode, por exemplo, impedir que Luiz Fachin seja indicado para ministro do Supremo Tribunal Federal. No caso, a presidente Dilma Rousseff e o advogado estão em suas mãos.

“Renan é um político acostumado a apanhar, mas que também gosta de bater, embora sempre em silêncio”, escreve os repórteres. É “um político que age muito, fala pouco e cumpre tudo”. Escosteguy e Loyola sustentam que “trair Renan — e um Renan que preside o Senado — é um ato de estupidez política. Ele não perdoa”.

Na batalha para impedir que Luiz Fachin se torne ministro do STF, Renan Calheiros tem conversado com vários senadores. “Nos últimos dias, Renan chamou alguns senadores para conversas reservadas sobre Fachin. Eduardo Amorim, do PSC, Wilder Morais e Davi Alcolumbre, do DEM, e Marcelo Crivella, do PRB, estiverem em seu gabinete. Ouviram argumentos sobrea indicação de Fachin ser ruim, por ser a última chance nos próximos anos de o Senado ter voz para influenciar na indicação de um ministro do Supremo”. Quem ficar ao lado de Renan Calheiros se tornará mais forte no Senado — é o recado.

Revista ÉPOCA - capa edição 884 - O inimigo nº 1 do governo (Foto: Divulgação/ÉPOCA)

Renan Calheiros e Wilder Morais se tornaram muito amigos. O presidente do Senado chega a visitá-lo numa chácara entre as cidades de Goiânia e Nerópolis, no Estado de Goiás.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.